Henrique Bertino anuncia recandidatura em Peniche

0
116
Autarca foi eleito em 2017 pelo Grupo de Cidadãos Eleitores por Peniche

O presidente da Câmara de Peniche, Henrique Bertino, anunciou, esta semana, a recandidatura nas próximas eleições autárquicas.
Eleito em 2017 como independente (Grupo de Cidadãos Eleitores por Peniche), o autarca quer “continuar o trabalho” iniciado há quatro anos.
O antigo presidente da Junta de Freguesia de Peniche sucedeu a António José Correia (CDU), que, há quatro anos, não se podia recandidatar, depois de 12 anos no poder.
Nesse ano, a luta foi até à última, num “duelo” com Filipe Sales, do PSD.
Henrique Bertino, que é pescador de profissão e também um antigo sindicalista, conseguiu então reunir 31% dos votantes, pouco mais do que 1% acima dos votos dos social- democratas. Em termos de votos conseguiu mais 253 votos do que o PSD nas eleições para a Câmara Municipal e mais 38 votos para a Assembleia Municipal.
Em Peniche registou-se então uma curiosidade: é que a dispersão dos votos pelas seis candidaturas que foram então apresentadas foi tal que, apesar de haver mais 1600 votantes (num decréscimo de 7,5% da abstenção), o candidato mais votado de 2017 conseguiu vencer as eleições e ser eleito com menos votos e uma menor percentagem do que o vencedor do ano de 2013.
No concelho, a CDU passou de primeira para quarta força mais votada.
Henrique Bertino volta agora a concorrer como independente, encabeçando o Grupo de Cidadãos Eleitores por Peniche.

Candidatos já conhecidos
Em outubro, Henrique Bertino terá novamente pela frente nas autárquicas Filipe de Matos Sales (PSD), sendo que, desta feita, irá medir forças com Ângelo Marques (PS), Ricardo Ribeiro (CDS-PP) e Clara Abrantes (CDU).