Rio Maior entre os concelhos com regressão nas medidas de confinamento

0
111
Filipe Santana Dias, presidente da Câmara de Rio Maior, acredita que o concelho vai sair desta situação "em breve"

O concelho de Rio Maior, que faz fronteira com o Oeste com os concelhos das Caldas da Rainha, Alcobaça e Cadaval, é um dos quatro do país com agravamento das medidas de confinamento a partir da próxima segunda-feira, 19 de abril, dia em que o país entra na terceira etapa do desconfinamento.

Rio Maior, Moura, Odemira e Portimão, que são os concelhos em que a situação epidemiológica é mais grave no território nacional, dão um passo atrás no desconfinamento. As esplanadas voltam a encerrar, assim como as lojas até 200 metros quadrados com porta para a rua, ginásios, museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares. Está também proibida a realização de feiras e mercados não alimentares.

Podem funcionar o comércio ao postigo, o comércio automóvel e mediação imobiliária, assim como os salões de cabeleireiro e estética, mas apenas com marcação prévia, estabelecimentos de comércio de livros e suportes musicais. Também podem estar acessíveis os parques, jardins, espaços verdes e de lazer, bibliotecas e arquivos.

Apesar deste retrocesso, o ensino secundário e o ensino superior não são afetados e podem regressar ao ensino presencial já na segunda-feira.

Filipe Santana Dias, presidente da Câmara de Rio Maior, disse numa comunicação nas redes sociais do município que as autoridades de saúde e o município estão empenhados na testagem massiva nas empresas e na comunidade geral do concelho e que a vacinação decorrer “a um ritmo normal”, de acordo com plano do Governo.

O autarca realçam, também, que a “notória maior presença” das autoridades policiais pelo concelho. “Só assim possível é corrigir comportamentos menos corretos que alguns de nós vamos insistindo em ter”, advertiu, acrescentando, no entanto, que a curva epidemiológica está numa fase decrescente, pelo que a esperança de Filipe Santana Dias é que Rio Maior saia desta situação “em breve”.

De acordo com o município, Rio Maior tem um total de 2400 casos confirmados desde o início da pandemia, dos quais 33 se encontram ativos. Nas últimas 24 horas foram identificados mais cinco casos positivos no concelho.