“A minha terra, um património” em exposição no Cadaval

0
554
A mostra pode ser visitada até 10 de Maio na Junta de Freguesia do Cadaval

O salão nobre da Junta de Freguesia do Cadaval recebe, até 10 de Maio, a exposição “A minha terra, um património”, que resulta de um concurso fotográfico promovido pelo museu municipal.
A mostra foi inaugurada no âmbito das cerimónias de comemoração do 38º aniversário do 25 de Abril, tendo sido precedida por um pequeno recital de guitarra clássica, por Nuno Pereira.
A exposição reúne mais de 90 fotos que apresentam o património material e imaterial cadavalense sob as mais diversas abordagens.
Na inauguração estiveram alguns dos 23 participantes, a maioria dos quais oriundos do concelho, aos quais foram atribuídos os prémios decorrentes do concurso.
O primeiro lugar do concurso foi atribuído a Rita Faustino (Murteira, Cadaval), com a fotografia “Estoicamente aguentarei”, tirada na serra de Montejunto. Na segunda posição ficou Betty Costa (Pero Moniz, Cadaval), com a foto “Viagem no tempo”, feita na aldeia do Pereiro. Cláudio António (Cadaval) ficou em terceiro lugar, com a fotografia “Intemporal”, tirada em Montejunto. O júri atribuiu ainda uma menção honrosa a João Reis (Charco, Cadaval), pela foto “Sinais”, captada na localidade de Figueiros.
Algumas das fotografias concorrentes vão dar origem a uma coleção de postais de divulgação do espólio patrimonial cadavalense.
A mostra pode ser visitada, diariamente, com excepção das segundas-feiras, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

P.A.