A mitologia feminina nas obras do Museu Malhoa

0
315
Adriana Nogueira fez uma visita guiada pelas várias salas do museu caldense em busca das mulheres da Antiguidade

Adriana Nogueira fez uma visita guiada no Museu Malhoa em busca das mulheres ligadas à mitologia

No dia 15 de março, a docente universitária Adriana Nogueira foi convidada pelo Museu de José Malhoa para realizar uma visita guiada pelas obras do museu onde se procurou conhecer melhor a presença da mitologia feminina.
A académica, que foi diretora regional de Cultura do Algarve, veio falar um pouco sobre a mitologia feminina.
Pelas obras do Malhoa há algumas representações da deusa Antena – em desenhos e em moedas – e algumas pinturas e esculturas onde há musas e ninfas retratados por vários autores que possuem as suas obras neste museu. Adriana Nogueira fez uma visita pelas propostas artísticas dando a conhecer vários detalhes que permitem a identificação das deusas, seja pela presença de animais ou de instrumentais musicais como a lira.
A convidada é natural do Bombarral e ainda fez parte dos seus estudos secundários nos Pavilhões do Parque, tendo depois estreado as novas instalações da Secundária Raul Proença.
”Vinha sempre de comboio”, contou Adriana Nogueira que ainda partilhou mais uma memória. Costumava ir ao Café Central e foi lá que conheceu Zeca Afonso. “Ele reparou ao olhar para o meu livro que eu estudava grego pois também tinha estudado por um igual! ”, recordou a académica, doutorada em estudos clássicos.
Segundo a diretora do museu, Nicole Costa esta iniciativa , inspirada na atividade”Nocturnos Louvre”, pretende trazer especialistas para fazer visitas ao museu. A iniciativa passará a ser mensal. A 21 de março realiza-se uma conversa sobre Educação e Infância.
Na última terça-feira do mês decorrerá novo Clube de Leitura, na Biblioteca deste museu.
A próxima sessão será dedicada à literatura escrita por mulheres. Em abril haverá a celebração dos 90 anos do Museu Malhoa “que serão assinalados em conjunto com o 25 de Abril”, rematou a responsável do Malhoa, da Cerâmica e do Museu Joaquim Manso, da Nazaré. ■