Artesãos têm nova direção e mais projetos

0
510
A nova direção da Associação de Artesãos é liderada pela ceramista caldense Teresa Teodoro (ao centro)

Ceramista caldense Teresa Teodoro é a nova presidente da associação, que tem algumas novas iniciativas para 2024

A nova presidente da Associação de Artesãos das Caldas deu a conhecer os elementos da nova direção e o plano de atividades da associação para este ano. A apresentação decorreu a 17 de fevereiro, na sede que fica na Columbófila.
Teresa Teodoro foi funcionária pública mas, em 2015, resolveu tirar o curso de Cerâmica Criativa no Cencal e descobriu que era a esta área que se queria dedicar. Hoje trabalha a tempo inteiro na cerâmica e está instalada no Caldas Empreende.
Agora, aceitou o desafio de liderar a associação que já pertencia e que tem 21 artesãos como sócios.
A artesão contou que a nova direção tem dividido tarefas, havendo responsáveis pelas redes sociais, pelo marketing e publicidade enquanto que outros se ocupa dos eventos. “Vamos responder a todos os que nos contactem pelas redes sociais”, afirmou a nova responsável. Teresa Teodoro deu ainda a conhecer que a associação vai manter a participação coletiva nas grandes feiras de artesanato em Estremoz, Vila do Conde, Vila Franca de Xira, FIA (Lisboa) e, pelo menos, iremos “a uma das feiras algarvias ”, assegurou a nova dirigente. Vão apostar na realização de workshops mensais de várias técnicas que serão abertas à comunidade e que decorrerão na sede da associação, que fica na Columbófila. Para março, está prevista a realização de atividades de macramé e de frutas desidratadas. Em colaboração com a autarquia, a Associação vai participar no primeiro mercado da Primavera que terá lugar em abril, na Praça da Fruta. “Iremos convidar uma freguesia a participar connosco, trazendo os seus artesãos e ofícios antigos, as suas tradições, saberes e gastronomia”, disse a ceramista. Haverá também o mercado de artesanato das Vindimas, também na Praça da Fruta e, novamente, vão convidar uma freguesia e seus representantes e quem trabalhe em antigos ofícios.
“Em todos vamos apostar no trabalho ao vivo”, garantiu a dirigente.
Na calha está a realização de uma exposição coletiva dos sócios, antigos elementos e outros autores emergentes. Também está a ser preparada uma outra mostra anual de colecionadores de artesanato. O primeiro será Alexandre Correia que coleciona santos Antónios. E haverá uma outra, dedicada aos presépios.
A nova direção, além da presidente ainda integra Joana Bravo (vice-presidente), Ana Pereira (tesoureira), Carlos Barroso ( primeiro secretário) e Cristina Reboleira (segunda secretária).
Além de autores caldenses, também inclui artesãos de Óbidos e da Nazaré. As inscrições para novos sócios estão abertas. ■