Artista da Geórgia mostra nas Caldas obras feitas em feltro

0
764
A autora, docente de Belas Artes, tem-se dedicado à realização de obras têxteis

Nana Chachanidze está de regresso ao Restaurante Geo, nas Caldas da Rainha, onde apresenta obras feitas em feltro e que parecem pinturas

Nana Chachanidze está de regresso às Caldas da Rainha para expor no Restaurante Geo, espaço comercial que é gerido pelo seu compatriota Archil Shinjikashvili.
A georgiana já deu a conhecer naquele espaço as suas aguarelas e revela, agora, as obras de arte que cria com recurso ao feltro, à lã e à seda.
“Trata-se de uma antiga técnica georgiana, que as pessoas que viviam nas montanhas desenvolviam para fazer peças de roupa em lã”, contou a artista, que era professora na Universidade de Belas Artes de Tiblisi, a capital daquele país. Na faculdade é ensinada esta técnica ancestral, de difícil execução, pois é necessário ter destreza manual para trabalhar os fios que são enrolados ao longo de várias horas.
Presentes no Geo estão vários trabalhos com recurso a esta técnica e que revelam as múltiplas formas como esta pode ser usada. “Gosto de usar seda, pois valoriza e torna os quadros mais valiosos”, contou Nana Chachanidze, que já desenvolvei alguns trabalhos em feltro de outros autores mundialmente conhecidos, mas agora prefere dedicar-se aos seus trabalhos originais.
A artista da Geórgia tem convites para expor este tipo de obras em galerias de França e também dos EUA, tudo por causa dos resultados que obtém com esta técnica que lhe permite fazer paisagens ou também apostar em padrões ou elementos figurativos.
As obras de Nana Chachanidze, que está disposta a ensinar a técnica em workshops, custam a partir dos 500 euros e poderão ser apreciadas até outubro no Geo, no Hemiciclo João Paulo II, 9A. ■