Caldas da Rainha vai geminar com cidade italiana de Deruta

0
434
A vereadora da Cultura com responsáveis italianos que virão em breve às Caldas

Duas cidades de cerâmica, uma portuguesa e outra italiana vão geminar não só pela tradição cerâmica mas também em nome de futuros projetos conjuntos nas áreas da educação e das atividades econónicas. Protocolo será assinado no próximo mês

Caldas da Rainha vai geminar com a cidade italiana de Deruta,que é também uma localidade de grande tradição cerâmica. A vereadora da Cultura, Conceição Henriques, deslocou-se a Deruta a 23 de fevereiro para preparar a geminação prevista entre as duas cidades cerâmicas.
À Gazeta das Caldas, a autarca caldense salientou o facto da cidade italiana promover a sua cerâmica em várias vertentes, tendo sublinhado que é feita uma grande aposta na recuperação de equipamentos que estavam em laboração há pouco tempo, como foi o caso de um forno que deu origem a um Posto de Turismo. Deruta, que possui 10 mil habitantes, aposta também na preservação de património arqueológico como fornos cerâmicos, cujos mais antigos remontam ao século XIII. “Faz todo o sentido a aproximação entre as duas localidades”, disse a autarca, acrescentando que está a ser constituída uma rede de localidades europeias ligadas à cerâmica à qual as Caldas quer participar”. Contou também que haverá uma visita da comitiva do município de Deruta, entre 23 e 25 de março, altura em que será assinado o protocolo de geminação. Desta fará parte o presidente da Câmara de Deruta, Michele Toniaccini, o vereador para a Cultura, Piero Montagnoli, e a conselheira para as Relações Internacionais e Geminações, Laura Fuccelli.
O programa da visita incluirá deslocações a entidades caldenses para promoção de ações de cooperação nas áreas da cultura, turismo, educação e atividades económicas. “A geminação irá também contemplar a troca de alunos pois em ambas há cursos de cerâmica e irá abranger atividades económicas”, disse Conceição Henriques,  acrescentando que estão a ser vistos futuros financiamentos para as duas localidades dado que há financiamento para localidades que trabalham em rede.
Segundo a autarca, a política de geminações, memorandos de entendimento e parcerias com cidades cerâmicas é, para as Caldas, um instrumento valioso na prossecução da política cultural municipal e na consolidação de projetos que aportam valor à cidade criativa UNESCO, no domínio do artesanato e das artes populares.
O processo de geminação entre Deruta e Caldas, cujos contactos iniciais remontam a 2018, foi retomado em 2022.
O programa da visita a Itália incluiu uma cerimónia realizada no salão nobre do Conselho da Cidade de Deruta, com intervenção dos representantes das duas autarquias.
Seguiram-se visitas culturais a vários locais de Deruta, que se situa na região de Umbria, como a uma antiga fábrica de cerâmica artesanal, hoje propriedade do município e transformada em posto de turismo e galeria de arte.
Também foi visitado o liceu de artes onde se ensina cerâmica, desenho, pintura e fotografia, o museu municipal de pintura e o santuário da Madonna Del Bagno, que reúne séculos de história ligada à oferta de votos em placas cerâmicas.
Deruta tem o maior museu de cerâmica de Itália, com mais de 6000 peças de grande valor histórico e artístico, incluindo peças etruscas e de cerâmica típica de Deruta, da Idade Média até aos dias de hoje. ■