Daniel Bernardes tem novo álbum inspirado em livro de Paul Auster

0
374
A estreia de “City of Glass” decorreu há duas semanas em Espinho. O novo álbum inspirou-se numa das histórias que integra a Triologia de Nova Iorque de Paul Auster

Pianista alcobacense tem um novo disco inspirado em histórias nova-iorquinas de escritor norte-americano

“City of Glass” inspira-se na primeira história da Trilogia de Nova Iorque de Paul Auster. “Já a reli várias vezes e agora chegou a altura de fazer este álbum”, disse o pianista à Gazeta das Caldas. A iniciativa surgiu do convite da Fundação Égide e resultou num trabalho musical constituído por 12 peças musicais, inspiradas naquela história.
Daniel Bernardes juntou ainda os músicos de jazz, António Quintino (contrabaixo) e Joel Silva (bateria), acompanhados pelo Coro Ricercare, dirigido por Pedro Teixeira e com direção musical de Pedro Moreira. É a segunda vez que o músico alcobacense trabalha com este coro, numa homenagem a Beethoven, encomendada pelo CCC.

O pianista, que vive em Salir do Porto, possui uma carreira nacional e internacional. Daniel Bernardes serão o responsável pela música do próximo filme de João Botelho

“Foi um trabalho que idealizei com tempo onde se fundem as linguagens da música coral e de jazz”, disse o alcobacense. Cada andamento de “City of Glass” tem como título uma frase diretamente retirada dos capítulos do livro de Paul Auster e “que nos dá pistas sobre o que está a acontecer na história”.
A Fundação Égide ainda contratou dois fotógrafos que leram o livro e partiram para Nova Iorque para captar imagens, inspiradas no universo do escritor norte-americano.
As imagens podem ser vistas durante as apresentações do projeto pelos vários palcos nacionais.
Daniel Bernardes, que vive em Salir do Porto, está a trabalhar em vários projetos, incluindo o ensino na Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo, no Porto.
Além de uma digressão de três semanas na Suécia, como pianista do grupo de uma cantora sueca, Daniel Bernardes será o responsável pela música do próximo filme de João Botelho.
“City of Glass” que foi gravado em outubro passado e foi estreado em Espinho há duas semanas será apresentado em novembro no CCB. O pianista está agora a dar a conhecer o projeto, inspirado na literatura, a vários espaços culturais nacionais e da região. ■