Espetáculos de Saramago e de Pessoa em palco de Alcobaça

0
226
O bailado inspira-se na obra do Nobel, José Saramago, “Todos os Nomes”

Dança e teatro, inspirados nas obras de escritores, vão subir ao palco do Cine-teatro alcobacense

O Cine-teatro de Alcobaça João D’Oliva Monteiro vai acolher espetáculos de dança e de teatro relacionados com escritores lusos.
No próximo dia 2 de março, pelas 21h30, sobe ao palco alcobacense o espetáculo “Nuestros Nombres…para Saramago” um espetáculo da autoria de Filipa de Castro e de Carlos Pinillos.
Trata-se pois de um bailado inspirado na obra “Todos os Nomes” de José Saramago, que contará com música ao vivo do Trio Scherzo. “Nuestros Nombres…para Saramago” é um espetáculo co-produzido pela OPART e também pela Companhia Nacional de Bailado.
Além da apresentação para o público em geral no dia 2 de março, haverá nova apresentação no dia 1 de março e que é destinada às escolas. O espetáculo promete ser “uma envolvente experiência de dança e música ao vivo”, inspirado na obra do prémio Nobel português José Saramago.
Com o romance “Todos os Nomes” de José Saramago, surgiu “a ideia de fusionar música e teatralidade em forma de crónicas dançadas”, explica nota sobre este bailado que conta ainda com música de Tchaikovsky, Rachmaninov, Liszt, Saint-Saëns ou Schubert e de Astor Piazzolla.
Filipa de Castro e de Carlos Pinillos propõem uma obra de caráter íntimo, demonstrando que a estética estilizada da dança clássica “continua a ser um elemento poderoso de comunicação no momento de plasmar com honestidade a essência do que o ser humano sempre representou”, remata nota sobre o bailado. A 8 de março, pelas 21h30, será a vez da Companhia João Garcia Miguel trazer adaptação ao teatro da obra de Fernando Pessoa . Em palco vão estar um ator e um músico que transportam o espetador para locais conhecidos e desconhecidos.
Trata-se de um monólogo “que é muitos diálogos com o mundo inteiro, dividido nas suas múltiplas aparições como uma noite estrelada ou os aromas texturais de uma brisa marítima”.A Companhia de Ballet da Cidade de Niterói, vinda do Brasil, trará a Portugal, a 16 de março, às 21h30, o espetáculo “Presenças na Ausência”, uma criação da coreógrafa carioca Esther Weitzman. ■