Espólio doado por João Evangelista já pode ser consultado na Biblioteca

0
556
O académico diz que ofereceu os seus livros “à terra que me fez homem”

Decorreu no domingo, 19 de Dezembro, na Biblioteca Municipal, uma cerimónia  que assinalou a  doação do espólio de livros de João Evangelista. Foram entregues à Biblioteca Municipal perto de 5500 documentos, desde teses académicas, livros de História, Geografia, Religião, Arte, Etnografia e Sociologia, bem como documentação variada sobre cartografia e iconografia, para além de várias publicações periódicas e documentos pessoais.
“É uma excelente prenda de Natal e um acto de cultura e generosidade para as Caldas”, disse o presidente da Câmara, Fernando Costa, na inauguração da sala na Biblioteca Municipal, que desde ontem alberga o espólio de livros doado pelo catedrático.
Foi preciso meio ano para inventariar as obras e documentos que constituem a biblioteca particular do docente – que durante vários anos dirigiu o projecto da UAL –  e que a partir de agora estão disponíveis na Biblioteca das Caldas.
O doador destacou que, entre o espólio que ofereceu, há importantes obras e documentos sobre a colonização de África e várias obras valiosas sobre História, algumas das quais assinadas pelos próprios autores.
Acompanhado e muito acarinhado pelos filhos, netos, amigos, colegas e antigos alunos, João Evangelista mostrou-se emocionado e satisfeito com a sua doação, que encara como uma retribuição à cidade: “devo tudo às Caldas! É com gosto que ofereço este espólio à terra que me fez homem. Se alguma coisa pode ficar na cidade que seja contributo meu, fico muito satisfeito”.
João Pereira Evangelista completa 90 anos na próxima segunda-feira, dia 27 de Dezembro.  É natural de A-dos-Negros, concelho de Óbidos, mas foi nas Caldas que começou a trabalhar aos 10 anos e onde estudou como aluno do curso nocturno da Escola Industrial e Comercial das Caldas da Rainha (hoje Secundária Rafael Bordalo Pinheiro).
Com uma determinação férrea, fez um percurso pessoal e académico brilhante. Professor associado da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL), foi um dos responsáveis pelo pólo que existiu nas Caldas da Rainha.
Foi também um dos grandes impulsionadores das políticas ambientais e de conservação da Natureza.

N.N.