Exposição colectiva na Casa Bernardo

0
591
Casa Bernardo
Um dos trabalhos de Bárbara Assis Pacheco. A exposição pode ser vista até 25 de Novembro

A Casa Bernardo, na rua Maestro Armando Escoto, recebe até 25 de Novembro uma exposição colectiva, cujo nome é inspirado no nascimento da neta de uma das artistas patente no local (Cristina Ataíde).
“Laura, antes de mais existem coisas muito fáceis de fazer” apresenta trabalhos de Rita Abreu, Rodrigo Peixoto, Margarida Coelho, Soraya Vasconcelos, Cristina Ataíde, Susana Anágua e Bárbara Assis Pacheco.

Esta mostra colectiva surge na sequência de uma visita de Bárbara Assis Pacheco à Casa Bernardo durante a exposição do artista Jorge Feijão naquele espaço. “Ela gostou muito da Casa e mostrou-se interessada em fazer aqui uma exposição”, contou Pedro Bernardo, responsável daquele espaço museológico.
Mais tarde, a artista falou a Pedro Bernardo que tinha uma amiga, Rita Abreu, que também estava interessada em participar. “Fiquei muito entusiasmado porque é a primeira exposição de Rita Abreu”, contou, salientado a qualidade dos trabalhos desta jovem.
A exposição acabou por tomar uma dimensão maior, com sete artistas, depois de um encontro para ver um jogo de Portugal no mundial de futebol.
A exposição pode ser visitada de quarta-feira a domingo, entre as 16h00 e as 20h00. Pedro Bernardo gostaria que as escolas organizassem visitas ao local “para virem verem arte”.