Finalistas da ESAD mostram obras na cidade

0
1101
Isabel Barona, José Antunes (Centro Artes) e o recém-eleito director da ESAD, João dos Santos | NN

O CCC e dois espaços do Centro de Artes (Atelier-Museu António Duarte e Atelier 6) acolhem a exposição dos alunos finalistas da Licenciatura em Artes Plásticas da ESAD. Por sua vez, o Espaço Concas acolhe uma exposição dedicada à gravura, também da escola de artes caldense e que vai estar patente ao público até ao final do mês. Esta é a uma boa oportunidade para apreciar os trabalhos artísticos de quem frequenta aquele estabelecimento de ensino superior.

 

Pintura, escultura, instalação efémera, desenho, colagem, fotografia, vídeo… São muitas as propostas artísticas que foram realizadas pelos estudantes durante o terceiro e último ano da licenciatura em Artes Plásticas e que podem ser apreciadas no centro cultural e no Centro de Artes.

Isabel Baraona, coordenadora daquele curso, salientou que “a notoriedade e a qualidade dos trabalhos de Artes Plásticas desta escola são hoje evidentes não só pela sua projecção a nível nacional, mas também internacionalmente”. A confirmá-lo “estão as inúmeras exposições realizadas por diplomados da Escola e os prémios obtidos ao longo dos últimos anos”.
Segundo a coordenadora, este curso aposta na diversidade de meios de expressão e no ecletismo, “algo que caracteriza a prática contemporânea e que podemos encontrar em exposição no CCC”. Esta exposição dos finalistas está patente até 17 de Julho.

Espaço Concas acolhe gravura

Obras em serigrafia e gravura de 24 estudantes finalistas do 3º ano de “Projeto em Gravura – Artes Plásticas” da ESAD encontram-se em exposição no Espaço Concas. A mostra foi organizada pela docente de gravura Célia Bragança, que explicou que as obras presentes na mostra revelam o trabalho feito numa unidade curricular que “tem como finalidade dar uma continuidade, aprofundar e potenciar o conhecimento empírico dos recursos plásticos e técnicos do sistema de impressão em gravura”.
De “Obra gráfica – Gravura e Serigrafia” fazem parte
projectos individuais dos jovens artistas “que espelham a sua capacidade criativa e a atitude investigadora na comunicação visual gráfica e nos aspetos conceptuais, teóricos e históricos da arte gráfica contemporânea”, disse a docente.
A ESAD possui Oficinas de Gravura e Serigrafia que são salas de impressão de trabalhos de grande exigência e minúcia. Nestes espaços são trabalhadas as técnicas de serigrafia, gravura, xilogravura, linóleo gravura e litografia, e podem ser utilizadas por estudantes, docentes e outros técnicos.
A mostra colectiva está aberta ao público até ao dia 31 de Julho, entre as 9h30 e as 12h30, e as 14h00 e as 17h30. A entrada é livre.