Grave 2 integrará CLN e traz coletiva ao centro da cidade

0
225
Os três artistas do coletivo Grave que organizaram esta iniciativa abrangente

A galeria do Turismo acolhe coletiva das artes que hoje se produzem nas Caldas. Mostra ficará presente até ao CLN

Abriu ao público, na galeria do Turismo, a 6 de maio, a mostra coletiva de arte visual, “Grave 2” que reúne trabalho de 24 artistas que vivem nas Caldas. Presentes estão trabalhos nas áreas do desenho, pintura, escultura, fotografia,instalação, audiovisual, performances artísticas e música.
O evento decorrerá durante o mês de maio e está inserido no Caldas Late Night (CLN) 2023.
A organização da mostra esteve a cargo dos artistas Lucas Veloso, Vicente Faria e Pedro Rolo que integram o coletivo Grave e que estão interessados em dar a conhecer o que os artistas produzem por cá.
“Gostaríamos que a comunidade local viesse conhecer estas expressões artísticas”, disseram os autores. Pedro Rolo, 29 anos, veio da Anadia, estudar Artes Plásticas para as Caldas em 2012.
“Vi, gostei e decidi ficar”, disse o artista plástico que integra o Grave. O seu trabalho, presente nesta exposição, une a memória, a fotografia e também as tatuagens antigas. Por seu lado, Vicente Faria formou-se em Design Gráfico e depois tirou o mestrado em Artes Plásticas na ESAD. Para esta mostra trouxe as suas grandes telas e objetos tridimensionais que realiza, muitas vezes, “ditadas pelo seu subconsciente”.
Lucas Veloso é um artista brasileiro que se dedica à arte urbana e que já expôs em espaços nas Caldas e em Lisboa.“Estou sempre a pensar em eventos que possam melhorar a vida de quem se dedica às artes”, referiu o autor explicando que, durante este mês na galeria do Turismo, será possível também apreciar o trabalho de autores de países como do Brasil e dos PALOP.
Além de artistas caldenses, na Grave 2 marcam também presença obras de artistas que vivem em Lisboa e no Porto.
Para além da exposição na galeria no pátio do Espaço Turismo, haverá hoje, dia 11 de maio, entre as 21 e as 23h00, momentos de performance artísticas, concertos, DJ sets e de vídeo mapping.
No dia 18 de maio, às mesmas horas, haverá uma sessão de cinema com a exibição de filmes e de curtas-metragens, em parceria com o Cineclube das Caldas.
Já durante os dias do CLN – nos dias 25, 26 e 27 de maio -, o horário da galeria vai estender-se até à meia noite e voltará a ter propostas artísticas no pátio. “Grave2” é a segunda edição de exposições coletivas, organizadas pelo Coletivo Grave.
“A primeira edição realizou-se durante o CLN 2022. Nessa altura Lucas Veloso, Vicente Faria e Pedro Rolo abriram o seu espaço de trabalho e convidaram mais de trinta artistas a expor naquele espaço de trabalho, situado nas proximidades da Praça de Touros. Agora chegou a altura de trazer as propostas ao centro da cidade e apresentá-las na galeria situada ao cimo da Praça da Fruta.
“Queremos atrair não só os locais como também os turistas”, remataram os autores. A não perder, a mostra “Grave 2” está patente no Turismo até ao dia 27 de maio. ■