Hoje há stand-up comedy no CCC

0
352

Hoje, 29 de Junho, pelas 21h30, realiza-se uma stand-up comedy no CCC com o grupo Lx Comedy Club, de que fazem parte Ricardo Vilão, Luís Franco-Bastos, Rui Sinel de Cordes e Salvador Martinho. Estes vão enfrentar o público apenas com um microfone na mão. A regra é que não há regras. Só piadas. Aos que julgam ter graça, é dada a oportunidade de testá-lo, no momento “Open-mic”.
Amanhã, 30 de Junho, pelas 21h30, realiza-se o recital duo de Marimba e Vibrafone, com Israel Moreno e a participação especial de Roberto Palomeque.
Israel Moreno é oriundo de Chiapas, no México, e é herdeiro de uma tradição musical familiar. A sua formação baseia-se na música folclórica e na música académica, e o seu reportório engloba os géneros da “Música Contemporânea ou de Vanguarda”, o folclore da Marimba, a música Afro-Antilhana, música sinfónica e o jazz. Será acompanhado por Roberto Palomeque, que é proveniente de uma família com grande tradição de Marimba “Los Hermanos Palomeque” e que foi vencedor de vários concursos para marimbistas. O custo dos bilhetes para este concerto é de 7,5o euros. No dia 1 de Julho, pelas 10h30, vai decorrerno espaço exterior em frente ao CCC uma aula aberta à comunidade de Tai Chi Chuan e de Chi Kung. Uma iniciativa que se repete todos os primeiros domingos de cada mês.

Quem quer receber um aguarelista em sua casa?

Dois anos depois da primeira edição do Watercolour Meeting, o CCC irá receber durante o mês de Agosto a segunda edição do encontro internacional de aguarelistas.
Trata-se de um encontro entre diferentes culturas que vão olhar para um mesmo espaço – a cidade das Caldas da Rainha.
Para o II Watercolour Meeting, o CCC está a procura de parceiros para alojamento dos participantes no encontro. Apela, por isso,
a todas as famílias que tenham disponibilidade e vontade de contactar com os artistas, que os  acolham nos seus lares. Segundo nota de imprensa enviada pelo CCC, “acreditamos que esta experiência trará muitos pontos positivos, desde a abertura a novos horizontes de partilha (artística e linguística) ao próprio convívio com os artistas e criará uma grande rede de referências culturais que será aproveitada por todos os que colaborarem nesta iniciativa!”. A mesma nota refere que os artistas têm uma média de idades na ordem dos 40 anos e, na sua grande maioria, são acompanhados pelos conjuges.
Para o CCC, o II Watercolour Meeting é “uma forma eficaz de promover a cidade e o seu concelho além-fronteiras, através da captação de recantos, paisagens, património e pessoas que fazem parte desta geografia. Todo este processo é tanto mais eficaz quanto mais próximos os artistas estiverem do seu objecto”.

Natacha Narciso
[email protected]