Inaugurada exposição de arte contemporânea no Armazém das Artes

0
508
Mostra fica patente até 24 de setembro

Exposição Artigo 4º dá a conhecer uma seleção da coleção da própria fundação cultural

No final de tarde de domingo, 30 de julho, foi inaugurada a exposição temporária “Artigo 4º – a coleção de arte contemporânea do Armazém das Artes”, integrada na reabertura do espaço.
A exposição reúne uma vasta seleção da coleção de arte contemporânea da Armazém das Artes, Fundação Cultural que inclui obras do próprio José Aurélio e do seu irmão, António Aurélio, mas também trabalhos de Alberto Carneiro, Ângelo de Sousa, António Areal, António Quadros, Carlos Barreira, Carlos Natividade Correia, Cruzeiro Seixas, Eduardo Luís, Eduardo Nery, Ferreira da Silva, Helena Almeida, Isabel Garcia, José Escada, Júlio Resende, Lagoa Henriques, Martins Correia, Querubim Lapa, Sara Matos ou Virgínia Frois.
O presidente da Câmara de Alcobaça, Hermínio Rodrigues, saudou a “segunda vida do Armazém das Artes, um espaço com condições excelentes para receber e acolher todo o tipo de expressões artísticas”.
O autarca sublinhou “a presença do muito público nesta inauguração o que é mais um sinal da vida cultural muito rica que Alcobaça sempre teve” e revelou que estão “a trabalhar em articulação com a fundação que gere este espaço e com o seu fundador, José Aurélio, ilustre artista alcobacense a quem dirijo uma palavra de apreço e admiração”. ■