Jovens “lutaram” através da dança no Centro da Juventude

0
579
Participaram cerca de 60 dançarinos no Can You Smoke The Queen”

O Centro da Juventude das Caldas foi o palco, a 20 e 21 de Outubro, de uma série de “batalhas” de dança que fizeram parte da sétima edição do evento “Can You Smoke The Queen”, dedicado à cultura hip hop.
Com dançarinos de todo o país, este evento de dança contou, como é habitual, com demonstrações, competições e workshops. Este ano houve também uma festa nos Silos.
As competições realizaram-se através das denominadas “battles” em que as equipas, ou individuais, se defrontaram no palco do Centro da Juventude, sendo avaliados por júris internacionais.
As “battles” entre os vários concorrentes foram divididas pelas quatro vertentes desta dança (Popping, Locking, New Style e B-boying).
Participaram cerca de 60 dançarinos, a maior parte dos quais de fora das Caldas da Rainha.
A organização foi, mais uma vez, do grupo (“crew”) caldense C4 Effect, do qual faz parte João Mazarelo. Aos 22 anos, João Mazarelo tem vindo a participar nestes eventos desde a primeira a edição. Segundo o jovem, são poucos os caldenses que se interessam pela vertente da dança da cultura hip hop, mas ao realizarem este encontro nas Caldas também querem divulgá-la mais e aumentar o número de espectadores.O “Can You Smoke The Queen” é já um evento incontornável do movimento hip hop em Portugal.
Este movimento cultural surgiu no final da década de 1970 nos Estados Unidos, como forma de reacção aos conflitos sociais e à violência sofrida pelas classes menos favorecidas da sociedade urbana.

Pedro Antunes
pantunes@gazetadascaldas.pt