Musica e arte contemporânea em Junho

0
537

“O Junho das Artes é uma aposta muito mais imaterial. O objectivo é criar públicos, sensibilidades e levar as pessoas a tropeçar em arte contemporânea em Óbidos em diálogo com o património”, explicou Ana Calçada sobre o evento que irá decorrer entre os dias 5 e 27 de Junho.

o tema deste ano é “Entre Muros” e pretende centrar-se na relação das ruas e história com os artistas que vão estar em Óbidos. A artista plástica Fernanda Fragateiro irá mostrar o seu projecto de arte publica, assim como jovens artistas, que há vários meses se encontram a fazer projectos para Óbidos. Uma das novidades deste ano é que algumas dessas criações possam perdurar mais tempo na vila do que o evento, para permitir ao próprio artista fazer uma reflexão sobre como a peça vive no espaço de uma vila com matriz medieval.
Durante o mês de Junho haverá também muita música em Óbidos. Começa ao fim da tarde de sexta-feira, sábado e véspera de feriados e vai estar por diferentes sítios da vila. O Dj Rui Vargas fará a abertura do Junho das Artes.
“O objectivo é criar uma disseminação de arte contemporânea pela vila de Óbidos”, revela Ana Calçada, destacando que haverá espaços que serão pela primeira vez abertos, como é o caso do da EPAC, à entrada da vila.