Nico formou-se na ESAD.CR e atuou na segunda sessão do Impulso no CCC

0
154
Nico abriu a segunda sessão da Season do festival de música das Caldas

Impulso segue de vento em popa desta vez com a atuação de Nico, Marina Herlop e dos Expresso Transatlântico

O CCC recebeu, na sexta-feira, 24 de março, a segunda sessão da Season Impulso. A plateia esteve composta para assistir às propostas de música eletrónica de Nico, alter ego de Miguel Grazina que veio atuar nas Caldas na companhia do seu convidado Phaser.
Nico é um artista emergente da cena eletrónica lisboeta e veio para as Caldas tirar o curso de Som e Imagem na ESAD.CR. A atuação ,de meia hora apostou no live sets das sonoridades hyperpop, ritmos do drum&bass e do jungle.
“A música eletrónica normalmente fecha os eventos mas nós quisémos inverter essa tendência”, disse Nuno Monteiro, o diretor do Impulso. Seguiu-se Marina Herlop, cantora e pianista que veio de Barcelona e que surpreendeu o público caldense com as suas vocalizações, inspiradas na música carnática, oriunda do sul da Índia.
A noite Impulso fechou com o Expresso Transatlântico, grupo lisboeta que junta Gaspar Varela na guitarra portuguesa, Sebastião Varela na guitarra elétrica e Rafael Matos na bateria. As suas sonoridades lembram uma banda sonora dedicada à portugalidade. Marina Herlop atuou perto uma hora e os Expresso Atlântico, durante hora e meia. ”Neste evento conseguimos juntar três públicos muito diferentes”, rematou o responsável pelo Impulso. O próximo concerto está marcado para o dia 21 de abril e terá como cabeça de cartaz, a cantora Surma que atuará nas Caldas em trio. Em maio, haverá concerto com Dino d’Santiago. ■