Óbidos tem nos livros e cultura estratégia para o seu desenvolvimento

0
8797
Celeste Afonso e José Pinho
A vereadora Celeste Afonso e o livreiro José Pinho, assumem a Vila Literária como um projecto de vida

A Unesco distinguiu a 11 de Dezembro de 2015 Óbidos como Cidade Criativa da Literatura. O primeiro aniversário da data foi assinalado com um encontro com o activista luso-angolano Luaty Beirão e foi lançado o primeiro livro com edição da Óbidos Cidade Criativa da Literatura, denominado “O Castelo”, feito pelos alunos do pré-escolar e primeiro ciclo.
A programação irá continuar durante 2017, com um festival de literatura de viagens – Latitudes -, encontros com escritores e residências artísticas.
Mas a estratégia da Vila Literária está já a atrair privados e também entidades ligadas à edição, que querem fixar-se em Óbidos e ali desenvolver os seus produtos.