Santa-Bárbara, autor da capa que assinala 50 anos de Abril

0
223
Autor está ligado às Caldas por várias razões familiares e profissionais

Artista plástico destaca que é preciso continuar a celebrar a Revolução

 

José Santa-Bárbara é o autor da ilustração da primeira página da Gazeta das Caldas que assinala o meio século da Revolução de Abril. A sua ilustração evoca a revolução e sob um fundo azul há cravos e gente, agora liberta da opressão do Estado Novo.
Na sua opinião “é importantíssimo assinalar Abril, pois é uma data que nos marca a todos nós!”, disse à Gazeta. O 25 de Abril “não pode ser esquecido e que nós não podemos deixar morrer!”, acrescentou o artista.
O também designer – que aliás é o autor do símbolo da CP, empresa onde trabalhou vários anos e fundou o Gabinete de Design – tem uma forte ligação às Caldas. Foi professor de Desenho, não só na Escola Comercial e Industrial como também no Colégio Ramalho Ortigão. À docência uniu-se uma passagem pelo Estúdio Secla .
José Santa Bárbara é também o autor da escultura ao 16 de Março, que se encontra em frente ao quartel.
Costuma até dizer que é caldense pois foi cá que cresceu e onde “aprendi a patinar e a andar de bicicleta”. Lutador contra o regime, com ficha na Pide, Santa-Bárbara partilhou, na apresentação do seu último livro como faziam para “enganar” os agentes da Pide que não lhes saíam da soleira da porta, sobretudo quando Santa-Bárbara acolhia Zeca Afonso. Para o cantautor, Santa-Bárbara fez as nove capas para os álbuns como Cantares do Andarilho (1968) e Como se fora seu filho (1983). ■