Sinfonia de Beethoven abre Festival de Opera de Óbidos

0
522
A ópera O Barbeiro de Sevilha volta a Óbidos cinco anos depois da primeira apresentação na cerca do castelo (foto de arquivo)

A 9ª sinfonia de Beethoven abre o VI Festival de Ópera de Óbidos, a 31 de Julho. O concerto terá lugar na Casa das Gaeiras, pelas 22h00 e terá uma capacidade para 500 pessoas. No mesmo dia será apresentado um vinho Gaeiras branco com o rótulo de Óbidos.
A 7 de Agosto será apresentado na cerca do castelo “O Barbeiro de Sevilha”, uma das mais conhecidas óperas de Rossini. A acção decorre em Sevilha, no século XVIII e conta a história do velho Dr. Bartolo, empenhado em casar a sua pupila Rosina, que está apaixonada pelo jovem Conde Almaviva. Este conta com a cumplicidade do barbeiro Figaro e, depois de ultrapassadas várias intrigas e de diversas tentativas de aproximação do conde à sua amada, através da utilização de disfarces, o casamento entre os dois acaba por se realizar.
“La Bohème”, de Puccini, será apresentada a 19 de Agosto. Estreada no conceituado Teatro Régio de Turim em 1896, está será provavelmente a ópera levada à cena mais vezes nos teatros líricos do mundo inteiro. Conta a história triste da bordadeira Mimi que se apaixona pelo poeta Rodolfo, membro de um grupo de boémios que, sem dinheiro, reside numas águas-furtadas de Paris. Tendo por pano de fundo a tísica (tuberculose), a doença do século XIX, a ópera termina com a morte de Mimi.
O festival termina a 21 de Agosto com a grande gala final, onde participará a soprano Elisabete Matos, uma reputada cantora lírica portuguesa. Este último espectáculo terá lugar na Lagoa de Óbidos.
O cenário natural da Lagoa será também palco do espectáculo de José Cid & Big Band, que irá realizar-se a 14 de Agosto.
Os bilhetes para os diversos espectáculos estão à venda na bilheteira de sala, posto de turismo de Óbidos, www.obidos.pt e nas lojas Fnac.