Stereossauro vai lançar novo álbum instrumental no mês de abril

0
281
O produtor e compositor das Caldas da Rainha conversou sobre a sua carreira na sede da ADOC nos Silos

“Cachorro sem dono” dá título ao novo trabalho do caldense, em parceria com o saxofonista Cabrita. Lançado o primeiro single, “Chika Pika”

O caldense Tiago Norte aka. Stereossauro foi o convidado de mais uma conversa da Associação Design, Ofícios e Cultura (ADOC)que teve lugar, a 18 de fevereiro, na sede daquela associação, nos Silos.
Na iniciativa, o artista deu a conhecer que tinha pronto o novo disco “Cachorro sem dono”, feito em parceria com o saxofonista João Cabrita, que tem selo da editora Omnichord, de Leiria, e que será lançado a 1 de abril.
“Chika Pika” é o primeiro single deste trabalho lançado na passada segunda-feira. “Trata-se de um álbum instrumental, inspirado nas sonoridades das séries dos anos 1970 e 1980 como a Crónica dos Bons Malandros ou Zé Gato”, disse o produtor à Gazeta das Caldas, no final da partilha que teve na ADOC.
Segundo o DJ e produtor, este trabalho “é uma banda sonora de um filme que nunca existiu”, resumiu Tiago Norte que, com o saxofonista, criou personagens imaginárias que vagueiam pela cidade “ao som da própria batida”.
Com DJ Ride, Stereossauro tem o projeto The Beatbombers, que têm trabalhado para publicidade e estão a preparar novos Djs sets para atuações para o próximo verão. O caldense tem, igualmente, criado bandas sonoras, uma delas para o documentário sobre o artista plástico Luio de Phillip Reese, e que está atualmente a concorrer a festivais de cinema nos EUA e Alemanha.
Depois de Stereossauro, as conversas na ADOC prosseguem no próximo sábado, a 25 fevereiro, pelas 18h00, com os Halfstudio. Em março haverá uma conversa sobre a Secla e regressam também os workshops. O primeiro será dedicado à cestaria.