Tradutor Vasco Gato representa Óbidos em projeto irlandês

0
357
Vasco Gato é o tradutor para Português do conto irlandês

Cinco contos contemporâneos estão a ser traduzidos, um deles para português

Com o objetivo de assinalar os 25 anos da promoção da literatura irlandesa no exterior, a Literature Ireland uniu forças com Dublin, Cidade Criativa da UNESCO, para uma colaboração especial com cinco outras cidades criativas da literatura: Bucheon, Wonju, Óbidos, Québec e Reykjavik. Vasco Gato é o representante de Óbidos na iniciativa.
Denominada SEODA, que significa joias em irlandês, a iniciativa consiste na seleção de cinco contos irlandeses contemporâneos que estão a ser traduzidos para Coreano, Português, Francês e Irlandês (gaélico), pelos tradutores Jiyang Noh, Jeehyun Shin, Vasco Gato, Pascal Raud e Ingunn Snæfal.
O conto Sleeping with a Stranger, de Mary Costello, estará disponível para leitura em Português, traduzido por Vasco Gato. A Óbidos, Cidade Criativa da UNESCO, selecionou este tradutor pela sua “competência e experiência comprovada para integrar o projeto”. O tradutor literário e autor de diversas obras de poesia e ficção. As traduções no âmbito do SEODA estarão disponíveis em abril no site de Dublin, Cidade Criativa da Literatura, e depois nos sites das restantes cidades participantes, explicou à Gazeta a vereadora da Cultura, Margarida Reis.
Óbidos integra a rede das cidades criativas da UNESCO na área da literatura desde Dezembro de 2015. Estas cidades reúnem-se anualmente e este ano o encontro está previsto para Santos, no Brasil, mas devido à pandemia ainda não são conhecidas datas nem se este vai ser presencial. Para este ano Óbidos tem ainda prevista participação no Encontro das Cidades da Literatura, que irá decorrer em setembro, em Melbourne.
Ainda de acordo com Margarida Reis, a nível local pretendem integrar iniciativas nas escolas (junto da população mais jovem), e nas freguesias, onde o teatro se conjuga com a literatura e e serão destacados os escritores do concelho. ■