Veloz apresentou pintura de intervenção no Sr. Jacinto

0
488
A filha de Lucas Veloso já nasceu nas Caldas da Rainha, cidade que o artista e família escolheram para viver

Veloz (Lucas Veloso) é um artista autodidata que se dedica à arte urbana. Vive nas Caldas e é no seu atelier que cria obras que vende para o estrangeiro

Nos dias 25 e 26 de junho, a Loja do Sr. Jacinto acolheu uma exposição de pintura de intervenção de Veloz na Rua, artista brasileiro que está a viver nas Caldas da Rainha, cidade onde já nasceu a sua filha.
Veloz é o nome artístico de Lucas Veloso, autor autodidata que se dedica à arte urbana e que faz trabalhos de grande dimensão onde surgem rostos e traços de animais, numa ligação entre o homem e a natureza. “Todos temos esta dualidade ligada ao instinto animal também”, disse o artista cuja maioria dos trabalhos que realiza são vendidos para o estrangeiro.
“Tive um atelier em Lisboa com um coletivo artístico e vim para as Caldas por causa do Covid”, contou o autor que se mudou para cá com a sua companheira. Maria Flor é a sua filha bebé que é caldense.

“Além da grande desigualdade social temos um problema grave de saúde! Está morrendo muita gente! ”

Lucas Veloso

Há dois anos que vive em terras lusas mas por cá “ainda só consegui vender duas obras”, contou o artista que coloca no Instagram as suas últimas criações e que são expedidas depois para os seus clientes para países do resto da Europa como da Alemanha ou de Espanha.
Veloz não associa o seu rosto à sua produção artística, “prefiro que as obras falem por si”, disse o brasileiro que antes de ter vindo para terras lusas, já tinha vivido e trabalhado na Califórnia, Dublin e Amesterdão.
“Sempre desenhei desde pequeno”, disse o autor que se formou com artistas de rua, tendo começado com o graffiti e com a arte urbana. Veloz tem alguma formação em cozinha mas agora dedica-se a tempo inteiro à sua pintura de intervenção.
O artista é muito crítico da situação política que o seu país vive,
“Hoje vivemos uma grande desigualdade no meu país. Bolsonaro está dando cabo de tudo! Já nem é só uma questão política, falamos de uma questão humanitária! Está gente a morrer todos os dias de Covid e isso é muito grave!”, disse o artista acrescentando que “a vida é muito mais importante do que a política!”.
Veloz na Rua, que é natural de Santa Catarina (Florianópolis), tem atelier de trabalho nas Caldas e abre as portas ao público que queira conhecer o seu trabalho.
As exposições estão de regresso à loja do Sr. Jacinto. Segundo a responsável, Cláudia Henriques já estão previstas duas novas mostras. Além das exposições, o espaço vai também apostar em workshops de cerâmica e que serão coordenados pela artista Mariana Sampaio.