Atouguiense goleou na preparação da final

0
683
Plantel de juniores da Areco/Coto | JOEL RIBEIRO
O plantel de juniores do GD Atouguiense | JOEL RIBEIRO
O plantel de juniores do GD Atouguiense | JOEL RIBEIRO

Campo Luís Duarte, Caldas da Rainha

Árbitro: Henrique Brites, Assistentes: Bruno Nicolau e Rafael Marques, AF Leiria.

ARECO 0

Pedro Lopes, Zé Simões, Martim, José Ferreira, Fábio Frutuoso, Henrique Miguel, Francisco Montargil, Vítor Pimenta (Miguel Araújo 63’); Rafael Machado (Igor Santos 35’), Otavian Cheptene, Francisco Madeiras (André Henriques 63’)

Suplente: Leonardo Jerónimo

Treinador: Pedro Teixeira

ATOUGUIENSE 5

Camacho, Agostinho (Bruno Oliveira 46’), Leandro, Paulo, Rui (Cardoso 68’), Thassys (Miguel 46’), Rubén, Diabo, João André, Flávio (Pedro Marques 46’), João Pedro (João Chagas 46’)

Treinador: Pedro Felgas

Suplente: Paulo Dourado

Ao intervalo: 0-2

Marcadores: João André (20’, 22’ e 70’), Pedro Marques (70’) e Paulo (81’)

O Atouguiense já tinha garantido a subida à Divisão de Honra e a presença na final do campeonato – que vai disputar com a U. Serra –, mas na última jornada não facilitou e venceu a Areco por 0-5.
A formação da Atouguia da Baleia só não venceu três dos 20 jogos disputados nas duas fases do campeonato (um empate e duas derrotas). Iniciou a partida com vontade de vencer a derradeira partida e materializou essa vontade 20 minutos. Cabeçada de João André após cruzamento de Thassys devolvido ao segundo poste por um companheiro. Um minuto depois o avançado bisou, novamente de cabeça, na sequência de um livre lateral.
A primeira parte estava feita. O Atouguiense diminuiu o ritmo e a Areco teve dificuldades para sair para o ataque, excepção feita a um lance de contra golpe no qual Francisco Montargil deixou Olivian em excelente posição para marcar, mas o avançado atrapalhou-se no remate.
Na segunda parte a Areco tentou reagir e conseguiu criar alguns lances de perigo, mas não conseguiu marcar. Já do outro lado, Pedro Marques fez o gosto ao pé aproveitando uma perda de bola do Atouguiense na defesa. A partir daqui a equipa de Pedro Felgas voltou ao controlo do jogo e sentenciou a partida com mais dois golos.