Badminton: Campeonatos trouxeram cerca de 400 jogadores

0
282
Os finalistas do quadro de singulares

Torneio trouxe às Caldas 15 jogadores do top 100 mundial

Realizou-se na passada semana a 59ª edição dos Internacionais de Portugal em badminton, que trouxeram às Caldas da Rainha cerca de 400 atletas de todo o mundo, entre eles cerca de 15 atletas do top 100 mundial dos quadros de singulares.
A prova masculina foi conquistada em singulares pelo finlandês Joakim Oldorff, que venceu na final Liao Jhuo-Fu, da China Taipé, que desistiu ao segundo set quando perdia por 1-0 e em desvantagem no segundo set. Oldorff saiu das Caldas como número 67 do mundo. Em pares, duas duplas de China Taipé encontraram-se na final, cabendo a vitória à dupla Chen Zhi Ray e Lin Yu Chieh.
Na prova feminina, a indiana Devika Sihag, de 19 anos, surpreendeu as favoritas e levou o troféu, depois de vencer na final a canadense Rachel Chan, 59 do mundo. Nas duplas femininas, final inglesa com Chloe Birch e Estelle van Leeuwen a sagrarem-se campeãs do torneio.
Nos pares mistos, Chloe Birch repetiu o triunfo, com Ethan van Leeuwen, em mais uma final inglesa.
O elevado nível da prova deste ano criou dificuldades aos atletas portugueses. Nos singulares, apenas Bernado Atilano integrou o quadro principal, mas foi afastado logo na primeira ronda. Nos masculinos, houve ainda cinco atletas a tentar a sorte na ronda de qualificação, Gabriel Rodrigues foi o que mais avançou, até às meias-finais.
Em singulares senhoras, a caldense Madalena Fortunato e Sónia Gonçalves foram as mehores representantes lusas, ambas foram finalistas da qualificação, mas nenhum conseguiu acesso ao quadro principal. Madalena Fortunato foi eliminada pela alemã Florentine Schoffski, que ainda avançou na primeira ronda do quadro principal.
Em pares senhoras, a caldense Mariana Pinto Leite apurou-se na qualificação com Mariana Afonso, mas saiu à primeira ronda, tal como as restantes duplas lusas que competiram no quadro principal. Em prova este ainda outra caldense, Catarina Marques, em dupla com Joana Vargas.
Mariana Pinto Leite também competiu em pares mistos, com Ângelo Silva, mas não passou da primeira ronda de qualificação. ■