Catarina Carvalho é tri-campeã nacional absoluta de Slalom e Slalom gigante

0
661
Gazeta das Caldas
Catarina Carvalho em acção na Serra da Estrela | D.R.

A atleta caldense revalidou o título nos Nacionais de Esqui Alpino provas realizadas nas pistas da estância de esqui da Serra da Estrela.
O Campeonato Nacional de Esqui Alpino foi adiado seis vezes, devido às más condições meteorológicas.
Catarina Carvalho, atleta de 21 anos, do Núcleo da Covilhã do Sporting Clube de Portugal, subiu ao lugar mais alto do pódio na prova de Slalom e Slalom gigante.
No Slalom, prova mais técnica, com menor distância entre portas, 28 portas, Catarina Carvalho venceu com margem folgada, tendo cortado a meta sete segundos que Lena Clasing atleta da Associação Desportiva de Aveiro, a segunda, ficando Marta Carvalho, do Esqui Clube de Portugal na terceira posição a onze segundos.
Já no Slalom gigante, disciplina que implica velocidade dado que as portas se encontram marcadas a 25 metros, Catarina Carvalho foi a mais rápida, fazendo menos 1,35 segundos que a segunda, Lena Clasing atleta da ADA, tendo Diana Batista, do Esqui Clube de Portugal sido a terceira classificada a dois segundos.

Dado que as condições das pistas estavam excelentes e as condições meteorológicas muito boas, a organização decidiu antecipar o Slalom previsto para o dia seguinte, dado que as previsões indicavam mau tempo, nomeadamente péssimas condições de visibilidade e de vento. Foram assim realizadas no sábado as duas mangas de Slalom previstas para Domingo.
Ainda a recuperar de um problema físico que a impediu de treinar com regularidade de Agosto a Janeiro, a atleta caldense, participou no início de Abril nos campeonatos nacionais de Espanha. A caldense com apenas 4 dias de treino em pista conseguiu resultados muito interessantes, conseguiu classificar-se a meio da tabela entre 50 corredoras, superando assim as melhores expectativas.
Também no mês de Abril e na primeira prova FIS realizada pela Federação de Desportos de Inverno, realizada em Sierra Nevada – Espanha, a atleta caldense obteve um excelente 16º lugar na prova FIS entre 52 corredoras de diferentes países. Nestas provas participaram ainda outros dois atletas portugueses, Ricardo Brancal.