Dia da Língua assinalado no Museu de Cerâmica

0
291

Museu que vai assinalar o seu 40º aniversário abre-se a eventos e parcerias

Entre os dias 4 e 6 de maio, o Museu da Cerâmica celebrou o Dia Mundial da Língua Portuguesa. Logo no primeiro dia foi exibido, ao ar livre, o filme de vídeo arte “Jogos Dirigidos”, de Jonathas de Andrade. Trata-se de um artista brasileiro que participou na semana dos 30 anos da ESAD.CR e que veio também ao museu caldense apresentar o seu filme. Além de ter feito uma exposição individual no MAAT, em Lisboa, este artista – que representou o Brasil na última edição da Bienal de Veneza – realizou uma masterclasse e uma mostra na escola de artes caldense. Foi organizado também um festival criativo que contou com a participação de autores que responderam à open call do museu e vieram mostrar e vender os seus produtos, das arte visuais, zines, cerâmica, cadernos, sabonetes naturais e até o museu colocou à venda as suas publicações. O bom tempo ajudou a realização e, por isso, segundo a diretora, Nicole Costa, há a hipótese de tornar o festival criativo se tornar uma iniciativa regular.

O Museu de Cerâmica irá celebrar o seu 40º aniversário, a 19 de maio, e estão a ser preparadas iniciativas de celebração deste espaço “que é a casa da cerâmica caldense”. Nesse dia será inaugurada uma exposição de trabalhos de alunos da EB de Santo Onofre.

No próximo sábado, 13 de maio, assinala-se a Noite Europeia dos Museus e, como tal, haverá visitas guiadas neste espaço museológico para as famílias. Os mais novos poderão participar em oficinas, enquanto os pais visitam as coleções.

A 18 de maio, pelas 18h00, celebra-se o Dia Internacional dos Museus e será inaugurado o roteiro das esculturas de ar livre que estão no Parque D. Carlos I. Foi feito um trabalho de limpeza e pintura das peças de arte pública que estão no exterior. A visita será orientada pela docente da ESAD.CR, Célia Bragança. “Há nas Caldas grande abertura para realizarmos trabalhos em parceria”, disse Nicole Costa, que trabalha com artistas da cidade e com entidades como a escola, o CCC e o Centro de Artes.

O Museu de José Malhoa continua fechado pois ainda decorrem as obras de requalificação, desde março passado, e que prometem melhoria significativa naquele museu caldense, inaugurado a 28 de abril de 1934.