Futsal / Voleibol: AD Óbidos aposta em modalidades alternativas ao futebol

0
1024
Parte da direção da nova associação obidense

Nova associação de Óbidos inicia atividade com o futsal e o voleibol e já tem em vista outras modalidades, como o badminton e o padel ténis

A vila de Óbidos tem desde o mês passado uma nova associação para a promoção desportiva, a Associação Desportiva de Óbidos. A nova coletividade já iniciou treinos de futsal, para camadas jovens, e voleibol, no feminino e pretende ser um complemento à oferta desportiva da região, com modalidades com menos oferta que o futebol.
Telmo Bernardino é o presidente do novo clube e conta que tem “cozinhado” este projeto nos últimos cinco anos com o amigo Diogo Tavares. “Inicialmente pensávamos juntar-nos a uma instituição já existente, mas os contactos que tivemos não resultaram”, conta. A ideia resultou, então, num novo clube, “depois de termos tido recetividade por parte da Câmara de Óbidos”.

“Queremos ajudar a combater a obesidade infantil”

Telmo Berardino

O clube já iniciou treinos de futsal, para jovens dos 6 aos 10 e dos 10 aos 14 anos, e de voleibol feminino, que decorrem no Pavilhão Municipal de Óbidos. Mas a ideia é alargar a oferta de modalidades. “Queremos ter andebol, badminton, cicloturismo e padel ténis”, de modo a aumentar a oferta desportiva no concelho e, com isso, contribuir para “o combate à obesidade infantil”, adianta Telmo Bernardino.
No futsal, além dos treinos de captação com vista à criação de equipas de competição para a próxima temporada, o clube está igualmente a trabalhar para ter uma equipa sénior para competir na 1ª Divisão distrital, “de modo a que os jovens possam ter uma referência e um objetivo de chegar à equipa sénior”.
No projeto do voleibol, coordenado por São Simões, o principal foco é no feminino. “Pretendemos ter atletas desde os 6 aos 16 anos”, refere a dirigente. Os primeiros treinos têm contado com 14 atletas, que já deverão permitir criar equipas de cadetes e juvenis, além do giravólei, que também poderá estar aberto a rapazes.
Em todas as modalidades, a associação vai apostar em técnicos “experientes e credenciados”, sublinha Telmo Bernardino, de modo a proporcionar “treino adequado”.