Gil Vicente-Caldas jogada a jogada

0
508

Gil Vicente 5 Caldas 0

Termina. O Caldas está fora da Taça de Portugal. Boa primeira parte dos alvinegros manchada pelo penalti falhado por Telmo e pelo golo do Gil Vicente em que Luís Paulo é mal batido. Na segunda o Caldas lutou enquanto houve força e a superioridade do Gil evidenciou-se depois do segundo golo.
Faltam jogar dois minutos de tempo extra
88’ André Jesus atira na área para Caleb defender
87’ Livre indirecto dentro da árra do Gil, Vasco Santos considera que Caleb agarrou uma bola atrasada por Pek’s. Remate por cima.
85’ GOLO DO GIL VICENTE
Novo penalti para João Vilela. Diogo Viana simulou falta de André Frias e enganou o árbitro. Frias viu amarelo
82’ GOLO DO GIL VICENTE
Marca João Vilela de penalti. Falta de Cosme sobre Avto que vale amarelo
No Caldas sai Bacari entra João Rodrigues, no Gil entra Nelaon Agra para o lugar de Vítor Gonçalves
77’ GOLO DO GIL VICENTE
Avto encara Rui Almeida e atira para o fundo da baliza
72’ GOLO DO GIL VICENTE
Marcou Danielson, canto da direita, cabeçada na zona frontal
65’ Entra Simi Nwankwo, sai Paulinho
63’ No Caldas sai Simões, entra André Jesus
61’ Grande lance do Gil Vicente, Vilela e Viana combinam, Paulinho não chega
60’ Mexe o Gil, entra Avto para o lugar de Brito
56’ Samir por pouco não chega a um livre de Mustafá. O Caldas não se rende
51’ Sai no Caldas Telmo para entrar Samir
46’ Luís Paulo falha saída, Vítor Vinha, com Militão na baliza, atirou à malha lateral
Começou a segunda parte. Sem alterações
45’ GOLO DO GIL VICENTE
Diogo Viana na conversão do livre. Luís Paulo é surpreendido pelo arco que a bola descreveu, foi mal batido. O jogo foi para intervalo
45’ Livre perigoso para o Gil
41’ Remate de Paulinho à figura de Luís Paulo
40’ João Vilela desmarca Brito, Luís Paulo sai bem
36’ Mais um remate do Gil, agora de longe, saiu rente ao poste
35’ Mais um grande corte de Militão sobre Vitor Gonçalves, ia sair remate
33’ Militão ganha no ar a Vítor Gonçalves, era perigoso o cruzamento
31’ Amarelo para Vitor Gonçalves, Gil Vicente
O Gil Vicente procura aumentar o ritmo de jogo. O Caldas vai mantendo bom posicionamento
O Caldas deixa o Gil Vicente trocar a bola em terrenos recuados, pressiona à entrada do meio campo e tenta transições rápidas.
15’ Paulinho assiste da esquerda Brito, remate à figura
12’ Grande trabalho de Sabino, cruzamento desviado para canto. A bola sobra para Caleb. O Caldas surpreende.
10’ Penalti para o Caldas. Sabino cruza para corte com o braço de Eder, que viu o amarelo. Telmo atirou por cima.
9’ Primeiro remate do Gil, Brito, saiu ao lado
8’ Primeiro canto para o Gil, curto, o cruzamento sai para fora.
1’ O primeiro remate é do Caldas, Sabino, saiu à figura
Inicia a partida, saiu o Gil

As equipas sobem ao relvado.

O Caldas joga com o mesmo 11 da última partida, num 4-2-3-1 que terá certamente menor profundidade ofensiva que no campeonato, mas que poderá dar soluções para o contra-ataque, tirando proveito do Gil actuar con algumas opções de segunda linha.
O Caldas deve preocupar-se, no entanto, com jogadores como João Vilela e Diogo Viana.

Estádio Cidade de Barcelos
Árbitro: Vasco Santos
Assistentes: Ludovico Franco e Humberto Teixeira
Gil Vicente
Caleb, Vitor Vinha, Diogo Viana, Eder, Brito, Danielson, Leandro Pimenta, Vítor Gonçalves, Pek’s, Paulinho, João Vilela [c]
Suplentes: Facchini, Halisson, Luís Martins, Simi, Avto, Luan Scapolan, Nelson Agra
Treinador: João de Deus
Caldas
Luís Paulo; Militão, Rui Almeida [c], Sidibé e André Frias; André Cosme e Mustafá; Telmo, André Simões e Sabino; Bacari
Suplentes: Rui Dabó, Miguel Guerra, André Jesus, Morgadinho, Luís Farinha, João Rodrigues, Samir
Treinador: Ricardo Moura

O guarda-redes Luís Paulo é o primeiro jogador a subir ao relvado para aquecer. De fora das opções de Ricardo Moura ficam Maurício, Flávio, André Cruz, Marcel e Miguel Andrade. No Gil aquecem os dois guarda-redes.