João Almeida começa época em grande forma

0
67

Caldense luta por um lugar no pódio da primeira corrida do World Tour de 2021 contra alguns dos melhores ciclistas do circuito mundial

Após o adiamento de várias provas que atrasaram o regresso do herói do Giro D’Italia de 2020 à competição, João Almeida está de regresso à estrada, em competição no Tour dos Emirados Árabes Unidos, a primeira prova do World Tour, e tem-se mostrado a grande nível, tal como na sua última aparição, nas estradas italianas.
Com o mesmo espírito lutador, João Almeida arrancou a competição ao ataque no calor tórrido do Médio Oriente, com a Deceuninck a contribuir para o quebrar do pelotão numa tirada marcada por fortes ventos laterais. A estratégia compensou, com muitos dos principais favoritos a serem apanhados nos cortes, que ultrapassaram os oito minutos. Na frente, João Almeida aproveitava ainda os sprints intermédios para ganhar pontos e segundos de bonificação. No final da primeira etapa estava em quarto lugar, com o eslovaco da Team Emirates Tadej Pogacar – vencedor da Volta à França do ano passado – em quinto a um segundo.

Nos primeiros dias de prova o caldense liderou as classificações dos sprints intermédios e dos pontos

João Almeida vestia ainda a camisola preta do líder dos sprints intermédios e, na manhã do segundo dia, herdou a camisola verde de líder dos pontos de Mathieu van der Poel, que desistiu após testes positivos à covid-19 no seio da equipa Alpecin-Fenix.
Nesse segundo dia, um contrarrelógio individual, João Almeida voltou a estar em plano de evidência. A tirada foi ganha pelo incontornável Fillipo Ganna, da INEOS, mas o caldense, de 22 anos, conseguiu acompanhar o ritmo de Pogacar, perdendo apenas seis segundos, e ganhou mais de meio minuto a Adam Yates (Ineos). Os três repartiam o pódio.
A vantagem não se revelou, porém, suficiente para reter o 2º lugar na primeira etapa de montanha. Pogacar e Yates, que discutiram a vitória no ano passado, descolaram nos últimos quatro quilómetros e chegaram com 48 segundos de vantagem para o grupo que João Almeida liderou na perseguição.
O caldense segurou o lugar no pódio, com mais de 40 segundos de vantagem para o quarto, mas estava já a um minuto de Pogacar.
A prova continua a disputar-se até sábado. Hoje, quinta-feira, decorre a segunda e última etapa de montanha, que deverá decidir as posições no topo da tabela. ■