Judo: Telma Monteiro com estudantes no Bombarral

0
139
Alunos e judocas do SCE Bombarralense com Telma Monteiro

“Um momento inesquecível” foi como classificaram os responsáveis escolares

A atleta olímpica Telma Monteiro, a judoca portuguesa mais medalhada de sempre e uma das melhores do mundo, esteve à conversa com os alunos da disciplina de desporto do Agrupamento de Escolas Fernão do Pó, no Bombarral, com o apoio do Comité Olímpico de Portugal.
A atleta partilhou um pouco da sua história de vida e respondeu a muitas perguntas dos jovens presentes na sessão, num ambiente muito informal e, acima de tudo, informativo e formativo. Tratou-se de mais uma iniciativa inserida no ciclo ‘Debate em Conferência’, que resulta de um projeto de articulação do Grupo Disciplinar de Educação Física e da Biblioteca Escolar.
Tendo iniciado no judo aos 14 anos, depois de ter experimentado o atletismo e o futebol, Telma Monteiro entrou na modalidade por insistência da irmã, uma vez que a modalidade era já praticada no bairro onde residia. “Percebi, desde cedo, que tinha algum talento e, se treinasse muito, poderia alcançar bons resultados”, explicou. Pouco depois entrava na seleção nacional como júnior e, mais tarde, como sénior, tendo participado nos primeiros Jogos Olímpicos com 18 anos, em Atenas. “A minha carreira foi sempre feita com muito trabalho e todas as medalhas que conquistei, nenhuma se deveu só ao talento”, destacou Telma Monteiro aos alunos. Aos 37 anos e na fase final da carreira de alta competição, vai lutar para estar nos próximos Jogos Olímpicos de Paris de 2024. “Será o fim da linha!”, avisou. Se o conseguir será a primeira do mundo com seis olimpíadas.
O professor Paulo Baptista, do Departamento de Educação Física e Desporto, não teve dúvidas de que “foi um momento inesquecível para todos nós”, elogiando a convidada pelo “exemplo absoluto de carreira desportiva” no país e no mundo. ■