Rugby: Vitória robusta a assinalar o 26º aniversário

0
484
A equipa do Caldas RC

Caldas RC bateu o Guimarães por 47-3

O primeiro sábado de Primavera, com temperatura quase de Verão e sem vento, associou-se à comemoração dos 26 anos do Caldas RC, com o Estádio Drº José Luis de Melo Silveira Botelho bem composto de público, muitos sócios e simpatizantes dos Pelicanos, sobretudo da comunidade britânica do Oeste, a responderem à organização promovida pela equipa sénior do clube.
O Caldas apresentava-se disposto a brindar o seu público com uma vitória expressiva, o Guimarães a procurar contrariar a esperada superioridade do seu adversário. Os Pelicanos entraram determinados, a tentar o domínio no jogo e no território e logo aos 4 minutos uma penalidade jogada à touch, boa conquista e uma sucessão de fases de avançados, concluída pelo 2ª linha Vicente Troncoso, entre os postes. Afonso Pecegueiro, a jogar a 1º centro e como chutador, face à ausência por motivos profissionais de Carlos Prieto, acrescentou mais 2 pontos, marcador inaugurado a 7-0.
Foi o mote para uma primeira parte de domínio caldense à qual a exceção surgiu aos 11 minutos com os vimarenenses a reduzirem para 7-3 com um pontapé aos postes.
O Caldas voltou a pressionar e até ao final da primeira parte juntou ao resultado mais três ensaios, por Tomas Cambournac, Rafael Cavaco Silva e José Contreras, todos transformados por Afonso Pecegueiro, levando o marcador ao intervalo para os 28-3.
Para a segunda parte, o treinador Patricio Lamboglia precedeu a duas alterações, refrescando a sua linha avançada, mas os Pelicanos não se mostraram tão focados, com alguns erros de manuseamento no desenrolar das jogadas, precipitação na definição, faltas cometidas no jogo no solo a contribuirem para um rugby menos objetivo.
Mesmo assim, o Guimarães só conseguiu uma única ocasião para chegar ao ensaio, jogada travada em falta pelo médio de abertura Alejandro Rodriguez, castigado com o amarelo e 10 minutos no sin bin. Os Bravos escolheram formação ordenada, mas os avançados da casa foram mais fortes e não cederam, conquistando a oval.
A partir de então, e mesmo com menos um, os Pelicanos acordaram para o jogo e passaram a dominar, comando mais três ensaios por Rafael Cavaco Silva, Oky D’Amato e Filipe Gil, dos quais apenas no último Afonso Pecegueiro não teve êxito na transformação.
O Caldas RC venceu por 47–3. Seguiu-se a comemoração do aniversário do Caldas Rugby Clube na Caldas Rugby ClubHouse, que juntou as três equipas e o muito público presente numa festa com música ao vivo pelos The Four Horseman.
Na próxima jornada, a 13 abril, o Caldas RC recebe o RC Loulé. ■