Sporting das Caldas regressa à competição este domingo

0
908
Gazeta das Caldas - SP.-Caldas
A equipa do Sp. Caldas no Torneio da Barrinha, onde ficou em terceiro lugar

O Sp. Caldas inicia este domingo mais uma temporada na I Divisão, a oitava consecutiva. Este ano a formação caldense teve algumas mexidas no seu plantel, mas o objectivo mantém-se idêntico ao da época passada, procurar a manutenção o mais acima possível na tabela. Mas há um desafio totalmente novo, a estreia em competições europeias, que o novo técnico Frederico Casimiro considera positiva para aumentar a exposição tanto do clube como da cidade.
Frederico Casimiro já foi treinador do Sp. Caldas nos escalões de formação e em equipas seniores nos escalões secundários. Assume agora com optimismo um novo desafio no escalão principal do clube caldense.
O objectivo, assume, é lutar pela manutenção, algo que o clube granjeou com um trabalho meritório ao longo de muitos anos e que considera importante manter. Apesar do processo de transição directiva do clube ter atrasado um pouco a preparação do plantel, Frederico Casimiro acredita que foi possível construir um grupo com qualidade, com um misto de jogadores experientes e outros mais jovens, promovendo até alguns regressos de jogadores formados no clube que andavam por outras paragens.
Se a manutenção é objectivo, o técnico acrescenta que o ideal será uma classificação entre os oito primeiros, que permita uma fase final de temporada mais tranquilo, sem a pressão de ter que lutar para não descer.

Por outro lado, a equipa caldense tem este ano o desafio de integrar a Taça Challenge, o que será uma estreia nas competições europeias. O sexto lugar da época passada permitiu aceder a competição porque duas equipas que ficaram à frente dos caldenses declinaram o convite, por questões de ordem financeira. “Em conjunto com a autarquia conseguimos reunir as condições para participar e será importante para nós”, realça o técnico. O primeiro adversário são os suíços do Chênois Genève que o treinador considera uma equipa não muito diferente dos caldenses. Isso pode significar que os caldenses poderão disputar a eliminatória (com o primeiro jogo na confederação helvética entre 6 a 8 de Novembro e a segunda mão nas Caldas uma semana depois). No entanto, os objectivos para a competição são bem diferentes. “Estamos a competir com clubes com outro poderio que não temos, mas é importante porque vamos levar o nome do clube e da cidade a outro nível”, acrescenta.
Será assim mais um passo para consolidar o projecto do voleibol do clube caldense.
Este fim-de-semana a equipa caldense participou no conceituado Torneio da Barrinha, onde conseguiu o terceiro lugar. Os caldenses perderam na meia-final com o Sp. Espinho por 3-2, numa partida com parciais sempre muito equilibrados. No encontro de terceiro e quarto lugar, bateu o VC Viana por 3-0. Um duplo teste que Frederico Casimiro considerou positivo.
No campeonato os caldenses estreiam-se no domingo, em casa contra o Leixões, pelas 16h00.