EBI STO. ONOFRE

1
567

Via alternativa para a vida ativa

O Parque Pedagógico da EBI Santo Onofre é entendido como um polo diferenciador do projeto educativo e da própria escola. Foi criado em 2007, integrado na criação de uma turma de Currículos Alternativos na vertente de hortofloricultura, com o objetivo de lecionar de forma prática os conteúdos educativos.
Sofreu progressivamente várias alterações, alargando a sua intervenção disciplinar a conteúdos programáticos de outras áreas curriculares, para serem aplicadas nos diferentes ciclos de ensino (1.º, 2.º e 3.º ciclos).
São exemplo a exploração do Português através da poesia, construção de textos ou leitura expressiva, em torno de plantas e animais do parque. Na disciplina de Matemática desenvolvem-se atividades de pesagem, medição, cálculo de áreas, perímetros e volume, aquando da plantação de canteiros ou na venda de produtos hortícolas. Nas Ciências são analisados os diversos elementos das partes constituintes das plantas, transmitidas práticas de agricultura biológica e explorada a fauna autóctone. A Educação Visual regista este ecossistema particular através do desenho de observação com a descoberta de cores e texturas. A Educação Tecnológica, disciplina base na evolução deste projeto, contribui para a construção de todas as infraestruturas essenciais para desenvolver os trabalhos no Parque. Salientamos os telheiros, as arrecadações, bancos, mesas, etc. Um dos princípios fundamentais na sua génese é a eco sustentabilidade, com recurso à recolha seletiva de materiais com vista à sua reutilização.
No entanto, a essência deste projeto está direcionada para os cursos vocacionais, que têm como principais destinatários alunos com características próprias, ou seja, com necessidades de formação específicas baseadas na diferenciação curricular. No ano letivo 2013/2014 foi iniciado o curso de Hortofloricultura/Arte e Design/Multimédia e, no ano seguinte, o curso de Agricultura Biológica/Jardinagem/Carpintaria. Têm ambos a duração de dois anos letivos, dando equivalência ao 9.º ano de escolaridade. São caracterizados por um conjunto de disciplinas teóricas base, associadas a áreas vocacionais com uma elevada componente prática, visando a preparação dos alunos para o mundo profissional, substanciada num estágio integrado em várias empresas do ramo. Os cursos têm tido muita adesão e revelam-se uma mais-valia na formação destes jovens, apetrechando-os com conhecimentos que lhes irão permitir uma mais fácil integração na vida ativa. Destaca-se também a participação destes cursos vocacionais, no Programa Eco Escolas, forte aposta da EBI de Santo Onofre. Este programa foi desenvolvido, no sentido de aplicar um conjunto de ações que promovam um trabalho de sensibilização, promoção e implementação de práticas amigas do ambiente, junto dos discentes da nossa escola. Neste domínio, o Projeto Rios, com a nossa intervenção no Rio da Cal, está a conquistar o seu espaço de destaque.
Salienta-se a colaboração voluntária de Encarregados de Educação na manutenção do espaço e na dinamização de atividades integradas no plano anual da escola. Esta ajuda revelou-se fundamental na concretização de todas as tarefas inerentes à manutenção do Parque, atendendo à sua dimensão. De resto, a EBI de Santo Onofre tem conseguido mobilizar os pais de alunos de vários níveis etários para a participação de forma voluntária em várias atividades. São exemplos a sala de estudo, a oferta e/ou confeção de produtos e alimentos para doação a famílias necessitadas, ou a colaboração em vendas e exposições. A dinâmica criada potencia não apenas uma melhor interligação entre todos os atores da comunidade escolar, mas também a salutar ideia que existe uma via alternativa para uma vida verdadeiramente ativa.

A equipa do Parque Pedagógico