Qual o efeito esperado de uma ação de teambuilding?

0
689

As ações de teambuilding ou de “construção/desenvolvimento de equipa” são frequentemente solicitadas por empresas em períodos de transição. Esta transição ou mudança, que pode ser ou não imediatamente explicitada pelo cliente, pode dizer respeito a situações muito diversificadas. Por exemplo, a entrada de novos colaboradores, a criação de uma nova equipa, a celebração de mais um ano e/ou a preparação para o novo ano, e até a gestão de situações em dinâmicas de equipa – como a gestão de conflitos.
Portanto, nesse sentido, é fundamental a auscultação do cliente e uma adequada clarificação do pedido.

Uma ação de teambuilding pode ter um efeito momentâneo – a jeito de celebração, por exemplo – ou pode ter um efeito com mais significado a medio-prazo para os participantes.
Aceder a um nível de construção de equipa ajustado às necessidades ou características do cliente é um aspeto determinante de qualquer ação.
Hoje em dia é fácil seguirmos os efeitos especiais, os foguetes e a magia de, por exemplo, podermos assistir a ações de teambuilding ao estilo do treino militar, da “loucura na cozinha”, ou a simulações de Fort Boyard.
Interessa por isso escolher quem apoie a empresa na identificação das suas verdadeiras necessidades.
Em qualquer ação de teambuilding é importante o alinhamento das pessoas com a missão da empresa, a experiência transversal de trabalhar e estar lado a lado com as pessoas que habitualmente menos trabalhamos ou com quem menos estamos. É importante que o líder assuma papéis fundamentais, em teste, com a sua equipa. E é importante, também uma quota-parte de emoção e divertimento.
Não é comum passarmos um dia ou dois dias com os nossos colegas num ambiente totalmente fora do habitual. Com quem temos que trabalhar, até com as pessoas que menos conhecemos, e mostrarmos que somos capazes de dar o nosso mehor. Em prol de todos e da equipa, como um todo.
Mais do que divertimento, um teambuilding deve ser um momento de aprendizagem – não um passeio fora do habitual. E deverá haver esse acompanhamento, esse apoio por parte do consultor.
É importante, também, procurar garantir que esse apoio é diversificado e multidisciplinar. Cada um tem a sua palavra a dizer quanto ao que é mais adequado e exequível também. Por isso, cada ação de teambuilding é uma ação personalizada e focada naquele e em cada cliente.

Mara Castro Correia
Coach, consultora e psicóloga do trabalho e das organizações
maracastrocorreia@gmail.com