AIRO alerta para escalada dos preços da eletricidade

0
170

A AIRO – Associação Empresarial da Região Oeste alertou o Governo para as dificuldades que a escalada dos preços da eletricidade estão a criar às empresas da região e pediu medidas “urgentes” para assegurar a competitividade dessas empresas.

Em comunicado, a associação refere que o preço médio do MWh de energia mais do que quadruplicou desde o início do ano, de 42,51 euros para 174,68 euros e que a escalada não deverá ficar por aí, uma vez que há notícias de que o preço pode mesmo atingir, nos próximos meses, os 300 euros por MWh.

A AIRO refere que a situação “é catastrófica para o tecido empresarial da região, fortemente dependente de energia elétrica”, tanto no setor da industria transformadora, como no setor primário, no qual a refrigeração é fundamental na conservação de produtos como hortícolas, frutícolas e também do pescado.

A subida do preço da energia terá reflexo no preço de produtos essenciais, provocando inflação “que não é compatível com o poder de compra atual dos portugueses”, mas também perda de competitividade das empresas nacionais nos mercados internacionais, tendo até em consideração que Portugal tem, atualmente “dos custos energéticos mais elevados na Europa”.