Caixa Agrícola Caldas, Óbidos e Peniche movimenta na região mais de 400 milhões de euros

0
944
Gazeta das Caldas - Caixa Agrícola

Segundo os dados disponibilizados pela Grupo Crédito Agrícola, a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Caldas da Rainha, Óbidos e Peniche, encerrou o ano de 2018 com um resultado líquido superior a 3 milhões de euros, aumentando esta margem em relação ao ano anterior em 29%, passando a deter um activo líquido superior a 300 milhões de euros. Em contrapartida, também a sua carteira de crédito na região quase chegou aos 150 milhões de euros, dos 281 milhões de recursos dos clientes locais aplicados na Caixa. Estes valores registam progressos positivos em relação ao ano anterior, seguindo em consonância com o aumento da actividade económica da região.
No conjunto o Grupo Crédito Agrícola, que agrega actualmente 656 agências em todo o país, provenientes das diversas Caixas Agrícolas, tendo apresentado um resultado líquido consolidado de 112,5 milhões de euros no exercício de 2018, reforçando a solvabilidade do Grupo e uma melhoria das rentabilidades.
No conjunto a carteira de crédito bruto a clientes ascendeu a quase 10 mil milhões de euros, no que constituiu um reforço de quota de mercado para 7,5% aumentando os recursos totais de clientes para 1.011 milhões de euros.
Segundo este grupo trata-se do único banco cooperativo em Portugal, com capitais exclusivamente nacionais, presente em todo o território nacional.
Face a estas novas estratégias o Grupo Crédito Agrícola está a promover uma nova campanha para o apoio ao negócio das empresas em geral, para o qual fez uma nova aposta estratégica de “A identidade da minha Empresa conta com o Banco certo”.
Assim viram-se para o financiamento de projectos de investimento, especialmente dos programas de apoio comunitário do Portugal 2020, como das linhas de crédito protocoladas que permitem às PME o acesso ao financiamento em condições mais vantajosas.