Consultoria feliz para empresas e particulares

0
1282
Cláudia Pereira lançou a Money & Happiness no mês de outubro | DR

A Money & Happiness foi criada para apoiar as famílias e as pequenas empresas na gestão financeira

Formada em Economia, Cláudia Pereira trabalhou 13 anos na banca, mas decidiu lançar o próprio negócio, com o qual pretende ajudar as empresas e os particulares a cuidarem da sua gestão financeira.
Na área empresarial, a Money & Happiness aponta ao apoio aos pequenos negócios, nos quais os empreendedores são o verdadeiros “faz tudo” e “deixam de ter tempo para fazer aquilo que realmente gostam e que o fez abrir o negócio”, explica.
A ideia é libertar os empreendedores dessas tarefas na área da gestão financeira, através de prestação de serviços. “É uma delegação de tarefas, em que o poder de decisão está sempre do lado de quem delega, que permite aos empreendedores fazer o que realmente gostam e fazer o negócio crescer de forma sustentável”, sublinha.
No fundo, trata-se de criar um departamento de gestão financeira dentro da empresa, através de um plano que pode ser contínuo ou pontual.
Além de assumir a execução de tarefas no plano financeiro, o plano inclui serviço de consultoria financeira. No início, é realizada uma avaliação do que são os objetivos e necessidades da empresa nesta área, para se estabelecer um plano com objetivos para a empresa, ou mesmo para cada trabalhador. São igualmente avaliados os financiamentos existentes, para avaliar se a situação pode ser melhorada, assim como em relação à estrutura de custos e receita.
O serviço é, depois, criado de acordo com as necessidades da empresa cliente em termos de carga horária, e para ser realizado nas instalações da empresa cliente, “para que não se gere desconfiança sobre se aquelas horas adquiridas estão a ser utilizadas ou não para a empresa”, realça Cláudia Pereira.

Empresa pretende libertar os pequenos empresários para as tarefas que mais gostam de fazer

A empreendedora preparou o lançamento da empresa em plena pandemia e isso levou-a a estender o serviço aos particulares, numa fase em que as famílias estão a contas com dificuldades para gerir as finanças.
A caldense tem certificação internacional de coaching e viu potencial para ajudar as famílias, sobretudo na questão da educação financeira, pouco trabalhada no nosso país.
“Somos muito educados para poupar, mas não para investir. É preciso começar com a poupança, para construir um fundo de emergência, mas depois é necessário ir multiplicando o nosso dinheiro”, aponta.
Através do website moneyhappiness.pt e das redes sociais associadas, a empresa dará dicas a este nível, que serão fortalecidas através de consultoria individual personalizada.
“Independentemente da receita que possamos ter, podemos sempre poupar alguma coisa. Podemos rever as despesas que temos e estabelecer o que é essencial e o que não é, para assim poder iniciar uma poupança”, explica.
O serviço particular inclui esclarecimento sobre créditos de aplicações financeiras. No entanto, adverte, “é necessário que as pessoas percebam realmente aquilo que estão a fazer isto, principalmente a nível de aplicações financeiras, para adequar os produtos ao nível de apetência ao risco”.
A empresa pretende iniciar os serviços nas Caldas da Rainha, onde tem sede, mas não tem limitações geográficas.