Eugster domina entre as maiores exportadoras

0
547

Fabricante de máquinas de café domésticas e ferros de engomar, a Eugster & Frismag, de Torres Vedras, lidera destacada as exportações na região. Mais de metade das 250 Maiores empresas do Oeste exportam

N a lista das 250 Maiores do Oeste, a empresa que mais exporta é Eugster & Frismag – Electrodomésticos, Lda, fabricante de máquinas de café de uso doméstico, sistemas de engomar, torradeiras e chaleiras. Fundada em 1988 em Torres Vedras, a empresa atingiu em 2019 um volume de exportações superior a 112,6 milhões de euros: 97% do total do volume de negócios.
A segunda maior exportadora é de Peniche, a European Seafood Investments, SA, que transforma pescado em conservas. Esta empresa também exportou praticamente a totalidade da sua produção (98,6%), num total de 74,9 milhões de euros.
Fecha este pódio a caldense Schaeffler Portugal, Unipessoal, SA, com um volume de exportações de 66,5 milhões de euros, correspondentes a 99,9% do total faturado. A fábrica, que nasceu como ROL, fabrica rolamentos, engrenagens e embraiagens.
Em comum, as três têm ligeiras quebras em relação ao ano anterior, as duas primeiras abaixo dos 3%, mas a Schaeffler viu as exportações recuarem 15,2%.
A quarta maior exportadora da região é Metalmarinha – Comércio Internacional De Resíduos Metálicos, SA, que opera no ramo da reciclagem de metais. Exportou 58,7 milhões de euros em valor, mais de 66% do seu volume de negócios.
No quinto posto está a JACL Products, de Alenquer, que fabrica componentes para automóveis, que vende quase a totalidade da produção para o estrangeiro. Esta empresa cresceu as vendas e as exportações acima dos 9%.

Este top 10 representa exportações no valor de 510 milhões de euros

Curiosamente, as cinco empresas com maior volume de exportação no Oeste são de cinco concelhos diferentes. Quatro delas são industriais e a outra de comércio.
Há ainda a destacar que cinco das empresas são do setor alimentar, que consiste numa das características da economia do Oeste.
lAlemanha é principal destino
No top 10 das empresas mais exportadoras do Oeste, sete têm em comum a Alemanha como primeiro país destino.
A European Seafood Investments é uma das três que foge a esta “regra”. O principal país cliente da empresa é o Canadá e segue-se Egito e Equador. Apenas depois surge o mercado europeu, com Espanha e França à cabeça.
Espanha é o principal importador dos produtos das Frutas Patrícia Pilar, a oitava empresa deste ranking, que escoa toda a sua exportação para quatro países, coma França, a Itália e a Polónia a completarem a lista de países clientes. A Sociedade Avícola da Quinta da Freiria, empresa da Lourinhã que integra o Grupo Valouro, tem Angola como principal país cliente.
Destaque ainda para a caldense Schaeffler Portugal, que, além da Alemanha, tem como principais países de destino a China, a Eslováquia e a Espanha.
Nas empresas mais exportadoras do Oeste, comprova-se que a diversificação de mercados destino é um dos segredos para o sucesso na internacionalização. Cinco destas 10 empresas têm os seus produtos em pelo menos 10 países diferentes, há ainda empresas com 9, 8, 7, 5 e 4 países clientes.
Entre as 250 Maiores do Oeste, o volume de exportações subiu 9,6% em relação ao estudo publicado no ano passado pela Gazeta das Caldas, atingindo os mil milhões de euros.
No total, 165 das 250 maiores empresas exportam, 98 das quais acima de um milhão de euros.