Gala distinguiu empresas de Rio Maior

0
360
Os representantes das oito empresas distinguidas na primeira edição da Gala

Município de Rio Maior, que vai renovar a área industrial, organizou a primeira gala empresarial para reconhecer os méritos de empresas e empresários, com a entrega de diversas distinções

A primeira gala empresarial do concelho de Rio Maior realizou-se na noite de quinta-feira, 30 de maio, na Quinta do Talego, e reuniu mais de 200 pessoas.
Foram entregues oito distinções, aproveitando-se também a ocasião para distinguir as empresas que receberam os selos de PME Líder e as que atingiram o galardão de PME Excelência.
A Wegoshare foi a vencedora na categoria empreendedorismo e a Riográfica na sustentabilidade ambiental (está entre as cem mais sustentáveis do setor a nível nacional). A Ontrisports foi a startup do ano e o prémio jovem empresário foi para Luís Lopes, da Loja do Sal.
Paula Soveral, da INVEPE, foi a vencedora do prémio Mulher Empresária. Paula Soveral assumiu o negócio da família e é atualmente a sexta maior empregadora do concelho.
A dinâmica empresarial da PANPOR – Produtos Alimentares, a segunda maior empregadora do concelho (que criou 22 postos de trabalho), também foi destacada, numa gala onde a Nobre Alimentação, há mais de 100 anos no concelho, foi considerada a maior Empresa Investidora e a Sifucel – Sílicas S.A. a maior exportadora, com um aumento no volume de negócios a rondar os 10 milhões de euros no último ano.
As empresas candidatavam-se para as diferentes categorias, sendo que os vencedores eram depois escolhidos por um júri composto por Miguel Pacheco (Desmor), José Vale (IAPMEI), Sérgio Cardoso (IP Santarém), Maria João Botelho (APRODER) e António Pedroso Leal (Nersant).
Com o galardão PME Excelência (da edição de 2022) foram distinguidas 11 empresas e com a PME Líder (edição de 2023) foram 31, que representam um volume de negócios de 132 milhões de euros, com um valor acrescentado bruto a rondar os 35 milhões. O conjunto emprega mais de mil pessoas.

A primeira edição decorreu na Quinta do Talego e juntou cerca de 200 pessoas

No total foram distinguidas nesta primeira gala empresarial 38 empresas do concelho.
O presidente da Câmara, Filipe Santana Dias, salientou o papel dos empresários e as dificuldades que enfrentam diariamente, mas também o caminho feito pelo concelho “no sentido de potenciar o seu desenvolvimento económico”.
“A procura e fixação de empresas tem crescido, as exportações têm crescido, Rio Maior tem tido capacidade de gerar emprego”, destacou, acrescentando que as dinâmicas dos movimentos pendulares de população, que tinham um histórico negativo, se alteraram. “Durante muitos anos foram mais os riomaiorenses a sair do concelho para trabalhar do que os que conseguimos atrair”, recordou, frisando que desde 2021 conseguiram inverter essa tendência.
A criação do Centro de Negócios e Inovação de Rio Maior, do Gabinete de Apoio ao Empresário, mas também do CNI Alcobertas e do regulamento RM Investe, foram exemplos das políticas seguidas. “O investimento nas nossas áreas industriais está na sua fase final do concurso, encontrando-se em análise no Tribunal de Contas. “Neste capítulo do PRR apenas 10 áreas do país foram consideradas para este financiamento”, que será o maior “de sempre no concelho, de cerca de 13 milhões de euros”.
A noite contou com a animação musical do duo Andreia Coelho e Paulo Holandês, bem como de Manuel Antunes, acompanhado ao piano por Eduardo Marques. ■