Gato Preto reabriu com uma nova gerência

0
884
Lisboeta abriu a pastelaria do Gato Preto e vai abrir o Quiosque da Praça

Pastelaria datada de 1880 reabriu agora pela mão da empresária Rosário Delgado

Rosário Delgado é lisboeta e durante anos foi assistente de bordo. No último ano procurava um local tranquilo para fugir à confusão da capital e acabou por se apaixonar pelas Caldas, decidindo fixar-se na cidade termal. Vive num prédio ao redor da Praça da Fruta e investiu em dois espaços emblemáticos da cidade: a pastelaria Gato Preto, que foi fundada em 1880, é o primeiro.
“Queria criar raízes e um espaço deste género permite-me ter uma ligação à cidade e às pessoas”, nota. Assim, “andava à procura de um local e surgiu esta oportunidade, porque estava para trespasse”, esclarece a agora empresária, que crê que esta será a mais antiga pastelaria da cidade.
O processo foi muito rápido. Fez obras, para “mudar a atmosfera, tornar o espaço mais leve e acolhedor”, tendo escolhido o branco como cor primordial, mas também decorando e iluminando o espaço. A disposição dos balcões manteve-se, mas deixaram de ser pretos e passaram a ser brancos.
A esplanada, um processo iniciado pela anterior proprietária, permite à pastelaria ganhar uma nova dinâmica com mais 20 lugares.
Reaberta desde o dia 13 de maio, esta pastelaria procura ser “um espaço diferente, com produtos diferenciados” e que seja também focado nos jovens. Além de pastelaria, têm refeições rápidas (como tostas, sandes, omeletes e saladas) e uma sopa diária.
A pastelaria do Gato Preto, que é pet friendly, funciona de sexta a quarta-feira, entre as 7h30 e as 19h00 (sendo que aos domingos encerra às 15h30 e há dias em que alargam os horários).
Com a abertura deste espaço a agora empresária criou dois postos de trabalho, mas realça que, a curto prazo, serão necessários mais trabalhadores.

O quiosque da Praça
Rosário Delgado também ganhou o concurso para a exploração do Quiosque da Praça da Fruta, que irá abrir no dia 21 deste mês e que contará com uma esplanada de 60 lugares (a partir das 15h00, quando termina a venda no mercado).
“Durante o verão, enquanto estiver bom tempo, vai funcionar das 6h00 à meia-noite, vamos ter música ao vivo ao fim-de-semana e vamos ter refeições rápidas, imperial, gelados, softs e granizados”, revelou. ■