Lubrigaz comemora 80 anos de atividade

0
749
Nuno Roldão é o administrador da Lubrigaz, SA | DR

Empresa leiriense começou com lubrificantes e gás, mas foi no mercado automóvel que se destacou. Está presente nas Caldas desde 2014

A Lubrigaz, SA, que nas Caldas da Rainha tem a representação das marcas Volkswagen e Audi com comércio de automóveis, peças e serviço após-venda e Das Welt Auto, e é ponto de venda e oficina autorizada Skoda, está a assinalar os 80 anos da fundação.
A empresa iniciou a atividade no negócio dos lubrificantes e do gás, cuja articulação lhe deu o nome. Durante a primeira década, a ligação ao automóvel cresceu, com os lubrificantes e o início do comércio de viaturas. Em 1952, surgiu a ligação à Volkswagen, que se mantém até aos dias de hoje, com a empresa a manter em exclusivo a ligação ao importador SIVA.
“Inicialmente operava em todo o distrito, depois houve uma reorganização e o sul ficou entregue a outra empresa. Mas quis o destino que em 2014 voltássemos às Caldas da Rainha para ocupar de novo todo o distrito”, conta Nuno Roldão, administrador da Lubrigaz.
O administrador diz que estes 80 anos têm corrido bem e aponta as diversas distinções que a Lubrigaz tem merecido, quer por parte do importador, quer pelas marcas que representa. “Fomos a primeira empresa certificada ISO 9001 em Portugal no Grupo VW, já recebemos o galardão de uma das 100 melhores oficinas do ano e de parceiros de marcas do ano”, revela.

A Lubrigaz garante
atualmente 96 postos de trabalho, dos quais um terço nas Caldas da Rainha

Nuno Roldão realça que o mercado caldense é muito importante para a empresa. “Temos instalações e uma equipa que muito nos orgulham”, refere.
O mercado do sul do distrito, no qual o turismo e o setor primário dominam, complementa-se com o do norte, mais industrializado. “Paulatinamente temos vindo a consolidar a nossa posição e pretendemos crescer. Há zonas que não estão ainda a ser cobertas com o rigor que nos caracteriza”, refere Nuno Roldão.
A Lubrigaz emprega atualmente 96 colaboradores, um terço dos quais nas Caldas da Rainha. “É uma responsabilidade social muito grande e deixa-nos muito orgulhosos que, ao longo destes 80 anos, a empresa nunca falhou um dia com os seus colaboradores”, realça.
Com o futuro do mercado automóvel assente nos pilares da eletrificação, da autonomia, da partilha e da conectividade, Nuno Roldão diz que a Lubrigaz está a preparar infraestruturas e colaboradores para antecipar esse futuro, em que a gama ID será “uma pedrada no charco, como foram o Carocha e o Golf no seu tempo”.