Schaeffler foi a empresa do distrito de Leiria com maiores investimentos de inovação produtiva

0
1004
notícias das Caldas
notícias das Caldas
A fábrica do Lavradio está a modernizar os seus equipamentos num investimento que ascende a 16 milhões de euros

À antiga fábrica Rol (hoje Schaeffler) foi atribuído um incentivo de 7,2 milhões de euros pelo QREN para o investimento de 16 milhões de euros que esta empresa está a realizar nas Caldas da Rainha, na categoria de projectos de inovação produtiva.
A Schaeffler está a modernizar o seu equipamento, tendo adquirido novas linhas de montagem e de rectificação, bem como um forno, substituindo assim tecnologia que já tinha entre 15 a 30 anos.
Carlos Gouveia, director-geral daquela fábrica, ressalva que os 7,2 milhões de euros de fundos comunitários não são a fundo perdido e explicou que o incentivo se traduz numa isenção de juros durante três anos, podendo ainda haver um prémio de um ou dois milhões de euros se forem atingidos determinados objectivos.

Ainda assim, aquele responsável salientou as vantagens financeiras deste incentivo do QREN para o investimento que está a realizar na Scaheffler Portugal.
Para este ano, a empresa espera obter um recorde de produção nas Caldas da Rainha, com 75 milhões de rolamentos produzidos (em 2010 foram 61 milhões). A facturação deverá atingir os 44 milhões de euros, mais 6,6 milhões do que ano passado.É nas Caldas que se fabrica o rolamento da caixa de velocidades automática dos carros Mercedes, sendo também provável que os rolamentos usados na direcção tenham sido fabricados na fábrica da Tornada.
A BMW e a Audi/VW, bem como as máquinas de lavar roupa e louça da Siemens e da Bosch, ou ainda as moto-serras Stihl têm rolamentos produzidos nas Caldas da Rainha.
Entre outras empresas do distrito, foram apoiadas nesta linha pelo QREN a Crisal, da Marinha Grande, com quase 6 milhões euros de incentivo para um investimento de mais de 13 milhões de euros e a DRT Rapid (Leiria) com um incentivo de 3,2 milhões de euros para um investimento de 5 milhões de euros.
No total, dez empresas do distrito foram apoiadas com 23 milhões de euros para investimentos que totalizam 44,8 milhões de euros.
A este apoio à Schaeffler não deve ser indiferente a posição que o grupo  detém a nível internacional, demonstrado pelo pedido em 2010 de registo de 1641 patentes, representando um aumento de 10% em relação ao ano anterior e colocando-o entre as cinco empresas mais inovadoras da Alemanha, onde está sediada.