Usseira Pneus celebra 30 anos com uma facturação a rondar 1 milhão de euros

0
1270
A empresa tem vindo a crescer e vai ampliar as suas instalações

“O pneu mais pequeno que pomos é o dos carros-de-mão das obras e o maior tem 2,20 metros de altura e é das máquinas para fazer estradas. Costumo dizer que pomos pneus em tudo, menos nos aviões porque não há aeroporto aqui perto”, conta Raul Guilherme, empresário que fundou a Usseira Pneus há 30 anos.
Nascido na Dagorda (Cadaval), Raul Guilherme começou a trabalhar como mecânico aos 15 anos. Com 27 anos jogava futebol na equipa sénior da Usseira e viu naquela aldeia agrícola uma oportunidade. Ali existiam muitos tractores e carrinhas, mas não havia oficinas. As mais próximas eram nas Caldas ou no Bombarral.
Arrendou então um armazém de 150 metros quadrados por 15 contos (75 euros) e investiu 1600 contos (8000 euros) em equipamento e stock para abrir uma casa de pneus que se viria a tornar a líder na venda para tractores na região.
Dois anos depois empregou o primeiro funcionário, um montador de pneus. E cinco anos após abrir as portas, em 1994, comprou um terreno onde construiu a sua oficina, no local onde ainda hoje se mantém. O negócio corria bem e no início do milénio adquiriu o terreno contíguo e ampliou as instalações para os 600 metros quadrados, com um parque de 1200 metros quadrados que permitia receber os veículos pesados e manobrá-los sem problemas.
A empresa foi sempre crescendo no comércio e reparação de pneus e na mecânica. Esse crescimento deve-se, em grande parte, à assistência que presta com uma viatura de assistência que está 24 horas por dia na estrada. O empresário conta episódios curiosos: uma vez foi às quatro horas da madrugada para perto de Aveiro para ajudar um cliente que tinha dois pneus furados. “O cliente é bom quando vem aqui meter pneus e deixar o dinheiro, mas também é bom quando tem um furo na estrada e está enrascado”, realça.
Em 2013 a Usseira Pneus atingiu um volume de negócios a rondar o meio milhão de euros. Daí para cá tem crescido sempre 10% ou mais no volume de vendas (só 2014 é que foi mais estacionário). Em 2018 esse valor rondou o milhão de euros. “Este ano também está a correr bastante bem, tivemos um primeiro trimestre bastante bom e estamos a crescer”, revela à Gazeta das Caldas.
Os clientes são de vários pontos do país, mas, naturalmente, a maioria vem da Usseira, Óbidos, Caldas, Bombarral, Cadaval, Lourinhã e Peniche. Em 2014 a empresa tinha três funcionários, hoje tem mais um.
Para responder ao crescimento em termos de negócio, o empresário tem previstos investimentos a breve prazo.
O espaço de oficina vai ser alargado dos actuais 700 metros quadrados de área coberta para os 1000 m2. O interior vai ser renovado, alterando a zona de escritórios, e serão compradas três novas máquinas que permitem aumentar a capacidade. Uma delas é própria para montar pneus run-flat das jantes 16’ às 25’, que são uma das últimas grandes inovações no mundo dos pneus. “Vão sempre havendo novidades, como os run-flat anti-furo e agora os pneus com sílica”. No exterior, o parque de estacionamento já tem 1500 metros quadrados.
No dia 9 de Junho comemora-se o aniversário e o empresário vai, tal como fez nos 20 e nos 25 anos, fazer uma festa para os clientes e amigos. Raul Guilherme irá oferecer um almoço convívio com dois porcos no espeto. “Queremos agradecer aos nossos clientes, porque são eles que fazem a nossa casa e a divulgação”.