Valorsul investiu 5,5 milhões de euros no centro de triagem de embalagens

0
589
O Centro de Triagem de Lisboa é o maior e mais avançado do país | DR

A Valorsul, empresa responsável pela recolha e tratamento de resíduos urbanos da região Oeste, investiu 5,5 milhões de euros num novo Centro de Triagem, situado em Lisboa, que passa a ser a maior e mais tecnológica linha de triagem de embalagens do país.
A nova infraestrutura vem tornar mais rápida e rigorosa a triagem, sobretudo de vários tipos de plásticos e metais que as famílias e comércio separam para reciclar nos contentores e ecopontos amarelos.
O novo Centro de Triagem tem uma capacidade de processamento superior a 7 toneladas por hora de plástico e metal, o que permitirá fazer face ao crescimento das quantidades separadas pelos diversos concelhos abrangidos pela empresa nos próximos anos, informou a empresa.
Sete leitores óticos são responsáveis por separar automaticamente os diferentes plásticos e mais de 100 equipamentos e transportadores permitem o máximo aproveitamento de todo o material que chega a esta linha de triagem.
Este Centro de Triagem emprega 70 trabalhadores, repartidos em dois turnos, que garantem a operação e controlo de qualidade.
O Centro de Triagem trata e encaminha para reciclagem 44 toneladas de embalagens de plástico e metal por dia, 105 toneladas de papel e cartão e 88 toneladas de vidro.
Além deste investimento nas instalações de Lisboa, financiado pelo Programa Operacional para a Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, a Valorsul concluiu igualmente uma intervenção no Centro de Triagem do Cadaval, que visaram o aumento da capacidade de armazenagem face aos crescimentos alcançados na recolha seletiva do Oeste.
A Valorsul serve 1,6 milhões de habitantes e valoriza 20% de todo o lixo doméstico produzido em Portugal e também produz e exporta para a rede elétrica 2% dos consumos domésticos nacionais.