Wok One – um novo restaurante oriental na zona industrial

0
9480
Restaurante chinês wok one na Zona Industrial das Caldas da Rainha
Xiao Zhuo (ao centro) com os seus sócios, a prima e o irmão, em frente ao restaurante | Isaque Vicente

Abriu na passada semana o Wok One, um restaurante buffet com comida chinesa, japonesa e portuguesa. Localiza-se na Zona Industrial, no local do antigo restaurante Lisboa, e trata-se de uma aposta de Xiao Ping Zhuo, um chinês que vive há 15 anos no Bombarral, onde tem uma loja de produtos para lar. O irmão e a prima são sócios.
Porquê a aposta num serviço buffet? “Porque é mais fácil funcionar assim, as pessoas podem experimentar as várias coisas mesmo que não compreendam a ementa”. Além disso, neste conceito “está tudo à vista”.

A aposta em incluir comida portuguesa, além das orientais, prende-se com a vontade de “satisfazer todos os públicos”.
Xiao Zhuo já conhecia o local. “Gosto muito deste espaço, tem um bom parque de estacionamento, pode ter música ao vivo que não incomoda ninguém e está perto da autoestrada”, afirmou.
O restaurante tem capacidade para mais de 200 pessoas e o empresário, notando que “os portugueses gostam de música ao vivo”, decidiu apostar nessa vertente aos fins-de-semana e feriados.
Segundo o empresário, o Wok One marca a diferença em relação a outros restaurantes “pela grande variedade de pratos”. Os preços variam entre os 10 e os 14 euros por refeição.
O edifício, que é arrendado, estava em bom estado e pronto para abrir um restaurante, até porque já tinha sido um. Xiao Zhuo realizou limpezas e pinturas (em tons de vermelho, preto e branco), colocou uma ilha de buffet e um fogão chinês, bem como mobiliário novo. Depois foi só abrir as portas.
Actualmente Xiao emprega 23 pessoas, oito na loja no Bombarral e 15 na sua mais recente aposta, que é o restaurante. Os seus empregados são na maioria provenientes da região.
Há 20 anos em Portugal, o empresário salienta a forma como foi recebido. “São países com relações muito próximas, até por Macau, e os portugueses, talvez por serem um povo que foi obrigado a emigrar, sabem a dificuldade que é e recebem bem as pessoas, são simpáticos”, esclareceu Xiao Zhuo, contando que os filhos (de sete e 11 anos) já não querem deixar Portugal a não ser para passear.
O empresário disse que o montante investido ainda não está contabilizado, esclarecendo que recorreu a financiamento bancário.
O Wok One localiza-se na Rua João dos Reis, lote 10A, na zona industrial, e está aberto todos os dias entre as 12h00 e as 15h00 e as 19h00 e as 23h00.