Aulas e atividades da ESAD estão de regresso à Escola do Parque

0
241

A antiga escola primária do Parque, na Avenida Dr. Manuel Figueira Freire da Câmara (próximo da antiga Orbitur), vai voltar a ter atividades da ESAD, após a retirada do centro Covid. Segundo João Santos, diretor da ESAD, uma das salas será para o funcionamento das aulas do mestrado de Design Gráfico.
Para além dos projetos e dos alunos daquele curso, os restantes espaços da antiga escola primária (uma segunda sala e um espaço central que após algumas obras de intervenção) vão receber atividades dos estudantes “que serão abertas à comunidade das Caldas da Rainha”, disse o responsável, acrescentando que foi com esse objetivo que a Câmara cedeu aquele espaço. “Os alunos poderão mostrar os trabalhos que estão a ser feitos a quem quiser perceber um pouco mais a fundo os projetos feitos naquela escola e grau de ensino”, frisou.
A ideia é que a escola de artes possa aproximar-se da cidade e quem quiser pode assistir à apresentação de projetos e deste modo perceber o que a escola faz.
Segundo o diretor da ESAD, todos os cursos da escola vão funcionar em regime presencial. Este ano letivo, prestes a começar, a ESAD já não terá aulas no pavilhão da Zona Industrial, também emprestado pela autarquia. No entanto estão previstas aulas da licenciatura de Artes Plásticas, no edifício da MOLDA, na parte da Fábrica Bordallo Pinheiro, no Avenal, que foi adquirida pela Câmara.
“Em maio teremos uma semana de atividades especial”, informou o responsável, referindo que estão a ser pensadas iniciativas abertas ao exterior e que vão decorrer de forma presencial. Este é, por norma, um mês dinâmico, marcado por eventos como o Caldas Late Night e o Impulso. “Temos mais alunos inscritos do que no ano anterior”, revelou João Santos, acrescentando que a ESAD abre portas a 20 de setembro para todos os cursos, à exceção dos primeiros anos que começam a 6 de outubro. ■