Dias do Agrupamento junta 2100 alunos

0
480
As experiências nos laboratórios atraíram muitos dos alunos, que quiseram ver como se faz

Iniciativa junta os alunos das 15 escolas que integram o Agrupamento D. João II

Juntar farinha, água, um pouco de óleo e corante. Amassar bem e temos um pedaço de plasticina. Parece e é fácil, como o mostram os alunos que dinamizam esta e outras experiências no Laboratório Aberto de Química, atraindo muitos colegas para as atividades experimentais. Ali perto, uma higienista oral falava sobre prevenção de cáries, numa atividade promovida no âmbito do projeto de Educação para a Saúde e logo ao lado, no Laboratório Aberto de Ciências Naturais, eram dissecados órgãos, para melhor compreender o funcionamento do corpo humano, mas também era mostrada a evolução das espécies vegetais no planeta Terra. Dentro de uma redoma, um bicho-pau, “completamente” camuflado, “convidava” as crianças a descobri-lo. Estas são apenas algumas das dezenas de atividades que, durante quatro dias, animam a EB D. João II, em mais uma edição dos Dias do Agrupamento, que termina esta sexta-feira (31 de maio) com torneios desportivos e o baile de finalistas, organizado pela Associação de Estudantes e, primeira vez incluído na iniciativa.
Voltando ao circuito. No pátio da escola, para além de um palco onde são dinamizados momentos de dança, há um mercado de trocas de roupas, livros e brinquedos, que promove a sustentabilidade e a economia circular. Aos alunos foi pedido que trouxessem “coisas que amam” para trocar e o excedente será entregue a uma instituição.
Na sala de TIC/Robótica, a diversão é grande. Enquanto que uns vêem os robots programados pelos seus colegas mais velhos, outros divertem-se com os jogos e uma Playstation com o torneio FIFA causa grande interesse. Ali perto, o Clube da Ciência Viva na Escola tem experiências espetaculares à espera dos alunos, deixando-os na dúvida se é “magia ou ciência”. Ao lado, o sossego reina na sala do Clube de Cinema e Imagem, com o os espetadores a ver o filme “Perdido e Encontrado”.
No ginásio os meninos do primeiro ciclo são convidados a fazer circuito de 20 minutos onde experienciam as várias atividades desportivas que existem, mas também há torneios de várias modalidades. Há uma sala dedicada a cada língua e a de Português tem o Jardim de Camões, com uma homenagem ao poeta e à liberdade. A solidariedade também está presente, com o projeto “Uma tampinha para ti uma terapia para mim”, onde cinco turmas recolheram e agora fazem a triagem de tampas que depois irão entregar aos pais de Pedro Querido.
Há ainda as salas com os trabalhos do 1ª ciclo e pré-escolar, as exposições de Artes Visuais e as de Cidadania, História e Geografia. A Associação de Pais também marca presença e”apoia a escola e principalmente os alunos”, referiu um dos seus elementos.
Durante estes dias também a GNR, PSP e Bombeiros, parceiros do agrupamento, marcaram presença com atividades.
O diretor do agrupamento, Jorge Graça, destaca o facto desta edição ter mais dias, permitindo aos visitantes um maior contacto com as atividades propostas. ■