EPN valoriza porco Malhado de Alcobaça

0
132

Próximo almoço pedagógico do ciclo “Paladares do Oeste” será dedicado às Caldas

Foi em torno do porco Malhado de Alcobaça, uma raça autóctone em risco de extinção que resulta de cruzamentos entre bísaros e raças inglesas, que se desenhou a ementa do almoço pedagógico do ciclo “Paladares do Oeste”, levado a cabo, na passada quinta-feira, no restaurante de aplicação da Escola Profissional da Nazaré.
O prato principal do almoço, que consistiu numa barriga de porco malhado assada com ervas da serra, foi “o mais difícil” de confecionar, segundo confessou o professor e chef Frederico Neto, salientando que se trata de um produto “com muita gordura” e que obrigava a “trabalhar de forma muito prolongada”. O resultado final mereceu a aprovação dos presentes, bem como a sobremesa, uma trouxa de ovos que fez lembrar os doces conventuais de Alcobaça.
A carne para confecionar a refeição foi fornecida pelos Sabores do Malhado, uma marca do produtor Luís Rodrigues, e pelo Intermarché de Alcobaça, a primeira superfície comercial da região a vender porco Malhado, numa parceria que arrancou no verão.
Daniel Marta, que gere as lojas do Intermarché de Alcobaça, Pataias e Caldas da Rainha, considera que “é importante o produtor trabalhar em parceria com o canal de distribuição” e valoriza a parceria com o grupo Sabores do Malhado. “Há muitos anos que queria ter o malhado à venda, mas tive dificuldade em encontrar um fornecedor”, assumiu o empresário, satisfeito com a aposta.
Luís Rodrigues explica que a colocação do malhado no Intermarché abriu a porta a “novos clientes, nomeadamente aos restaurantes”, mas pediu mais apoios para “promover” a raça, pois o porco Malhado de Alcobaça “é de todos”.
Para o diretor pedagógico da Escola Profissional da Nazaré, a realização destas iniciativas com produtores típicos da região é “uma grande mais-valia”. “O objetivo da EPN é promover os produtos da Nazaré e da região e, ao mesmo tempo, dar conhecimento desses produtos de qualidade aos nossos alunos”, frisou o docente.
O ciclo “Paladares do Oeste prossegue, no próximo dia 25, com o património gastronómico das Caldas da Rainha como ponto de partida. Seguem-se refeições dedicadas a Peniche (20 de janeiro), Torres Vedras (10 de fevereiro), Lourinhã (10 de março), Alenquer (28 de abril) e Óbidos (19 de maio). ■

Carne foi oferecida pelos Sabores do Malhado e pelo Intermarché de Alcobaça, que tem produto à venda desde o último verão